00:01 06 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Tubarão primitivo

    Tubarão pré-histórico pode explicar origem dos peixes cartilaginosos

    CC BY-SA 3.0 / Citron / Chlamydoselachus anguineus2
    Sociedade
    URL curta
    0 41
    Nos siga no

    Cientistas conseguem desvendar evolução dos tubarões através da análise de um crânio e um esqueleto quase completo de aproximadamente 380 milhões de anos.

    Encontrar fósseis de esqueletos e outras partes do corpo dos tubarões não é algo tão comum, o que em muitas ocasiões faz com que os cientistas recorram à imaginação para compreender a morfologia de espécimes pré-históricos.

    Uma equipe de paleontólogos suíços foi surpreendida ao encontrar vários crânios e um esqueleto quase completo de duas espécies de tubarões primitivos do gênero Phoebus. A descoberta ocorreu nas montanhas orientais do Pequeno Atlas, no Marrocos.

    Até o momento, havia registros apenas dos fósseis de seus dentes de três cúspides e algumas espinhas das barbatanas, segundo o National Geographic.

    A descoberta, publicada na revista Proceedings of the Royal Society B, permitiu que os cientistas descobrissem que essas antigas espécies primitivas possuíam um corpo em forma de enguia e um focinho comprido.

    Segundo Kristian Klug, paleontólogo da Universidade de Zurique, uma das diferenças mais notáveis é que os tubarões modernos contam com dentes afiados que permitem cortar suas presas antes de ingeri-las, enquanto que os tubarões Pheobus e os do tubarão-cobra contam com dentes de forma cônica para dentro, servindo para capturar as presas, e não para triturá-las.

    Um peixe leitão-malhado, também conhecido como tubarão-gato-de-boca-negra (foto de arquivo)
    Um peixe leitão-malhado, também conhecido como tubarão-gato-de-boca-negra (foto de arquivo)

    Os Phoebus habitavam uma bacia marítima rasa há aproximadamente 370 milhões de anos. O bom estado dos fósseis se deve à falta de oxigênio no local, já que os níveis caíram drasticamente.

    A descoberta pode ajudar na compreensão da origem da espécie e sua relação com outras.

    Além disso, o estudo do Pheobodus permitirá estender o alcance da subclasse Devoniana, o que proporcionaria uma nova data para a origem dos peixes cartilaginosos.

    Mais:

    VÍDEO mostra tubarão aproveitando dia ensolarado na Flórida
    Tubarão faminto dizima cavalo após passagem do furacão Dorian (IMAGENS FORTES)
    Tubarão 'fugitivo' surge e assusta banhistas em praias dos EUA (VÍDEO)
    Tags:
    cientistas, estudo, peixe, tubarão, descoberta, fóssil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar