04:02 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Preparação de remédio contra o ebola (imagem referencial)

    Pandemia mundial poderia causar milhões de mortes, afirmam organizações

    © Sputnik / Ramil Sitdikov
    Sociedade
    URL curta
    251
    Nos siga no

    A OMS e o Banco Mundial (BM) divulgaram um alerta segundo o qual os países do mundo não estão preparados para lidar com pandemias que poderiam matar milhões de pessoas e afetar a economia mundial.

    A Organização Mundial da Saúde (OMS) junto com o Banco Mundial alertaram em um relatório que doenças virais como o ebola, gripe influenza e síndrome respiratória aguda (SARS), poderiam se espalhar com facilidade pelo mundo, causando verdadeiras pandemias.

    Desta forma, dezenas de milhões de pessoas poderiam falecer em decorrência de tais doenças.

    "A ameaça de uma contaminação pandêmica por todo o globo é real", divulgou o conteúdo do relatório a Reuters.

    Ainda segundo o documento, o rápido transporte de pessoas pelo mundo, os fluxos migratórios e as deficiências de diferentes governos em combater riscos de epidemias poderiam causar uma pandemia em apenas 36 horas.

    O relatório ressalta que os esforços feitos por governos de diferentes países diante à epidemia de ebola entre 2014 e 2016 na África, são fatalmente ineficientes.

    Gripe espanhola

    O relatório também lembra a mortandade causada pela gripe espanhola no início do século passado. A partir de 1918 a pandemia ceifou a vida de cerca de 50 milhões de pessoas em várias partes do mundo.

    Funcionário de saúde de Serra Leoa atende uma paciente suspeito de ter contraído o vírus ebola
    © REUTERS / Baz Ratner/Files
    Funcionário de saúde de Serra Leoa atende uma paciente suspeito de ter contraído o vírus ebola

    Nas condições atuais, um vírus semelhante ao da gripe espanhola poderia matar cerca de 80 milhões de pessoas. Além das perdas humanas, a economia mundial deveria perder 5% de seu potencial.

    Condições precárias

    Além dos problemas relacionados aos movimentos populacionais a nível mundial, a pobreza seria um fator catalisador de pandemias.

    "A pobreza e a fragilidade exacerbam os efeitos de doenças infeciosas e ajudam a criar condições para pandemias ocorrerem", disse Axel van Trotsenburg, um dos executivos do Banco Mundial.

    No início deste ano, a OMS havia comunicado ao mundo que novas pandemias são "inevitáveis", tendo lançado uma nova estratégia de prevenção de tais ameaças, anunciou o Medical Express.

    Mais:

    Filipinas declaram alerta nacional de epidemia de dengue
    Brasil na mira? Crise venezuelana pode alastrar epidemias de infecções pelos vizinhos
    Em Brasília, mulheres indígenas ocupam Ministério da Saúde em protesto (VÍDEO)
    Tags:
    Banco Mundial, OMS, influenza, ebola, epidemia, pandemia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar