11:53 05 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Aplicativo de WhatsApp (foto referencial)

    Vício do WhatsApp: sintomas e consequências

    CC0
    Sociedade
    URL curta
    320
    Nos siga no

    Se você usa durante um tempo enorme o aplicativo WhatsApp todos os dias, sente vibrações fantasma ou escreve mensagens enquanto anda ou dirige, é uma pessoa viciada e isso dá o que pensar, explicam especialistas.

    Erika Villavicencio Ayub, especialista da Faculdade de Psicologia da Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM), explicou ao Infobae que influência sobre o ser humano pode ter tal dependência.

    "Não está no Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5), no entanto, segundo estudos recentes e os sintomas detectados poderia se tratar de uma adição às tecnologias de informação e comunicação", disse Villavicencio Ayub sobre o vício do WhatsApp.

    Segundo a especialista, o uso do aplicativo reduz os receptores de dopamina no cérebro, o que provoca uma sensação de prazer. Uma pessoa também é viciada se esquece as horas de sono e alimentação e cuidados pessoais, sofre ataques de ansiedade e se isola de familiares e amigos por estar sempre imersa na aplicação.

    Villavicencio Ayub indica que em estágios mais avançados essa adição, como muitas outras, provoca insônia, irritabilidade, tédio, depressão, fadiga, alterações de concentração e de memória.

    A especialista acrescentou que uma pessoa que sofre estes sintomas deve consultar um médico que possa prescrever uma terapia cognitivo-comportamental, mas em casos mais avançados vai precisar de um tratamento complexo de medicamentos e reabilitação.

    Mais:

    Excluíram sem dizer nada? Saiba como 'ressuscitar' mensagens de amigos no WhatsApp
    'Castração masculina': especialista alerta sobre consequências do vício em pornô
    WhatsApp limita reenvio de mensagens para cessar divulgação de notícias falsas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar