23:59 23 Janeiro 2019
Ouvir Rádio
    Kim Jong-un

    Máscara hidratante 'nuclear' com retrato de Kim Jong-un está sumindo das prateleiras

    © REUTERS / KCNA
    Sociedade
    URL curta
    250

    Na véspera da falada visita do líder norte-coreano a Seul, que deverá marcar um avanço nas difíceis relações intercoreanas, Kim não está apenas nos pensamentos das pessoas, algumas delas o colocam literalmente em seus rostos.

    Um novo cosmético, que tem Kim como seu embaixador, promete aos beautiholics melhorar as imperfeições da pele. A "máscara hidratante nuclear", lançada por um fabricante local, chegou nas prateleiras da Coreia do Sul, conhecida por sua desenvolvida indústria de produtos de beleza — informa o South China Morning Post.

    A mídia, citando a empresa sul-coreana, relata que os varejistas venderam mais de 25 mil embalagens da nova máscara, que custa US$ 3,5 (R$ 13.7) por unidade.

    O cosmético popular, chamado de "máscara nuclear", apresenta um retrato de Kim Jong-un com um pano branco no rosto junto com slogans de estilo autoritário, como "vida longa para a hidratação da pele de todas as mulheres do Norte e do Sul!" e "água mineral da Montanha Baekdu torna a pele forte!".

    Diz-se que o produto contém água de nascente da Montanha Baekdu, que fica na fronteira entre a China e a Coreia do Norte, onde Kim Jong-un e o presidente sul-coreano Moon Jae-in realizaram uma cúpula em setembro e posaram para uma foto histórica.

    Estas máscaras com o retrato de Kim Jong-un estão sumindo das prateleiras na Coreia do Sul. Chamadas de "máscaras nucleares", permitem aliviar a tensão da pele, hidratando-a com água mineral da Montanha Baekdu, informa o fabricante 

    Muitos compradores satisfeitos dizem que Kim Jong-un, muitas vezes chamado de ditador e tirano, está engraçado na imagem da embalagem. Curiosamente, "incitar ou propagar atividades de organizações antigovernamentais" ou elogiar o governo da Coreia do Norte é proibido na Coreia do Sul.

    Segundo a imprensa local, durante a cúpula dos chefes de Estado realizada em setembro, Kim Jong-un prometeu visitar a Coreia do Sul "o mais breve possível". Mais tarde, o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, declarou que a viagem anunciada do líder norte-coreano poderia ser realizada ainda este ano. 

    O encontro de setembro foi o terceiro encontro entre Kim e Moon. As duas partes assinaram um acordo militar para terminar os exercícios de artilharia em larga escala e os voos militares perto da zona desmilitarizada na fronteira entre as duas Coreias.

    Mais:

    Se abandonar armas nucleares, Kim terá tudo o que quer de Trump, diz Moon
    Trump indica quando irá reencontrar o 'amigo' norte-coreano Kim Jong-un
    Tags:
    cosméticos, máscara, vendas, Kim Jong-un, Coreia do Sul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik