18:16 09 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Bíblia (imagem ilustrativa)

    Mulheres reescrevem Bíblia: editada provocadora versão feminista do livro sagrado

    © REUTERS / Brian Snyder
    Sociedade
    URL curta
    535

    Um grupo de 20 teólogas rompeu o cânone e criou um texto provocador da Bíblia. As mulheres foram reunidas pela sufragista norte-americana Elizabeth Cady Stanton em 1895 para reescrever o conjunto de livros canônicos para cristãos e judeus.

    "Une bible des femmes" (Uma bíblia das mulheres), livro publicado recentemente pela editora suíça Labor et Fides, possui comentários das mulheres sobre o livro sagrado, resultando em uma espécie de reescrito da Bíblia do século XXI em 287 páginas.

    Na época do movimento #MeToo, cansadas de ver a Bíblia sendo usada para legitimar uma "submissão de mulheres", teólogas francófonas publicam "Uma Bíblia das mulheres"

    ​A obra reúne os pensamentos de 20 teólogas francófonas, protestantes e católicas, da Europa, Ásia e Quebec, no Canadá, que representam o ponto de vista de Maria, mãe de Jesus, através de temas sobre corpo, sedução, subordinação e maternidade.

    "Aproveitando as descobertas dos estudos bíblicos e graças ao feminismo crítico, as autoras desenvolvem uma dúzia de temas relacionados a mulheres e evidenciam que os textos bíblicos podem ser lidos com nova ousadia", escreve a apresentação da publicação, dirigida pelas professoras Elisabeth Parmentier, Pierrette Daviau e Lauriane Savoy.

    A ideia é "mostrar que os valores feministas não são incompatíveis com a Bíblia" e que há interpretações tendenciosas e parciais, assinalou Lauriane Savoy.

    Para exemplificar, a professora cita Maria Madalena. "Ela fica com Jesus até mesmo quando ele morre na cruz, diferentemente de todos os discípulos masculinos que estavam com medo, ela é a primeira a ir ao sepulcro e a descobrir a ressurreição […] É uma personagem fundamental mesmo ainda sendo descrita como uma prostituta aos pés de Jesus, e talvez até mesmo amante de Jesus na ficção recente", relatou Savoy ao jornal Le Monde.

    Mais:

    Funcionário furioso do McDonald's nocauteia cliente que cai duro no chão (VÍDEO)
    Estudo revela com quem humanos modernos de 100 mil anos atrás mantinham sexo
    Tags:
    Jesus, Maria, feminismo, judeus, cristãos, revisão, Bíblia, Ásia, Canadá, Europa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik