04:33 18 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Marcha contra o feminicídio no Peru (arquivo)

    Comediante é investigado no Peru por suposta apologia à violência contra a mulher

    © AFP 2018 / Ernesto BENAVIDES
    Sociedade
    URL curta
    102

    A Procuradoria do Peru decidiu abrir uma investigação contra o comediante Jefferson Vásquez Díaz, suposto autor de um delito de apologia à violência contra a mulher.

    "A investigação preliminar responde às denúncias recebidas após a divulgação de um vídeo de uma apresentação na qual o comediante ambulante alude a casos de feminicídio, violências sexuais e agressões contra mulheres no Peru", disse o Ministério Público. 

    No vídeo mencionado, Díaz aparece em um parque de Lima reclamando que, no Peru, uma pessoa pode ser presa por "elogiar uma mulher", e, sendo assim, completa dizendo que seria melhor estuprar logo. Em seguida, ele faz outros comentários machistas e agressivos, chegando a afirmar que bate em sua mulher porque ela não cozinha. 

    O comediante, alvo de inúmeras críticas em seu país, deverá comparecer em breve à procuradoria, que deve pedir uma pena de até quatro anos de prisão para ele, por apologia à violência contra a mulher. 

    Mais:

    Com participação recorde de mulheres, Congresso dos EUA terá indígenas e muçulmanas
    9 em cada 10 mulheres: relatório expõe violência sexual na Coreia do Norte
    Agências da ONU pedem fim dos 'testes de virgindade' para mulheres
    Agredidas por não serem homens: por que o Brasil é tão perigoso para as mulheres?
    Tags:
    machismo, violência contra mulheres, estupro, misoginia, apologia, comediante, Lima, Peru
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik