09:30 16 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Teclado (imagem referencial)

    Quão perigoso você pode se tornar ao ver vídeo pornô?

    CC0
    Sociedade
    URL curta
    369

    Um relatório de especialistas britânicos avisa que a pornografia pode causar violência sexual e representa ameaça para a sociedade.

    O documento, publicado na terça-feira (23) pelo Comitê de Mulheres e Igualdades do Parlamento britânico, diz que o problema da pornografia deve ser tratado de maneira semelhante a problemas de saúde, como tabagismo, por exemplo, escreve o RT

    Os autores do relatório dizem, citando ente outros o estudo "Assédio sexual de mulheres e moças em lugares públicos", que "os homens consumidores de pornografia têm mais chances de manter atitudes sexistas e de ser sexualmente agressivos com as mulheres".

    O relatório se refere inclusive a um estudo dedicado à pornografia, à violência sexual, ao abuso e a "sexting" (envio de conteúdo erótico e sexual por smartphones) nas relações entre os jovens, apontando haver "uma relação entre o consumo de pornografia e as atitudes sexistas e comportamentos sexualmente agressivos que incluem violência".

    O documento sugere que o governo trate o problema de pornografia da mesma forma que dedica grandes investimentos para a segurança nas estradas ou problemas de saúde causados, por exemplo, pelo tabagismo.

    Os autores do relatório acreditam ser preciso tomar medidas urgentes contra abusos sexuais que já estão "enraizados" na cultura britânica. Entres as ações que o Comitê aconselha adotar estão tanto os programas especiais de previsão de violência como a proibição de ver pornografia em ônibus.

    Mais:

    Agências da ONU pedem fim dos 'testes de virgindade' para mulheres
    O que realmente pensam os homens sobre sexo com robôs? (FOTO)
    Tags:
    abuso, sexismo, assédio, violência sexual, pornô, pornografia, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik