02:03 24 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Centro de detenção no estado norte-americano do Oklahoma

    Jovem é condenado a 5 prisões perpétuas por assassinar a família

    © AFP 2018 / SAUL LOEB
    Sociedade
    URL curta
    1 0 0

    Um adolescente foi condenado nos Estados Unidos a cinco prisões perpétuas por matar a facadas os seus pais e três irmãos, segundo informou a Associated Press nesta quinta-feira.

    Michael Bever, hoje com 19 anos, tinha 16 quando ele e seu irmão mais velho, Robert, assassinaram a mãe, o pai, dois irmãos mais novos e a irmã de apenas 5 anos no subúrbio de Tulsa, no estado do Oklahoma. Outras duas irmãs, felizmente, sobreviveram ao ataque. Robert, na época com 18 anos, foi condenado em 2016 a uma pena de prisão perpétua.

    Michael, além das cinco penas de prisão perpétua, também foi condenado pelo juri a mais 28 anos de prisão pelo ataque a uma das irmãs sobreviventes, que, na época, tinha 13 anos. Até hoje, o motivo dos crimes é desconhecido. 

    De acordo com os vizinhos, todas as crianças da família Bever eram educadas em casa e mantidas sob forte vigilância, sendo proibidas de se misturar com pessoas de fora da família. Pouco depois da chacina, em 2015, Robert disse à polícia que seus pais costumavam bater neles. Segundo ele, sua esperança era a de se tornar famoso com os assassinatos. 

    Mais:

    Justiça alemã condena sobrevivente de grupo neonazista à prisão perpétua
    Camboja condena homem à prisão perpétua por tráfico de 1kg de cocaína
    Ex-agente da CIA pode ser sentenciado à prisão perpétua por espiar a favor da China
    Tags:
    prisão perpétua, chacina, Tulsa, Oklahoma, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik