23:14 22 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Múmia do Egito

    Múmia bicéfala com cabeça de menina e crocodilo é exibida na Turquia (FOTO)

    © Sputnik / Ksenia Nikolskaya
    Sociedade
    URL curta
    2104

    Por que colocaram a cabeça desse grande réptil em um sarcófago da princesa herdeira do Egito? A resposta está aqui!

    No Palácio de Yildiz de Istambul (Turquia), uma antiga múmia egípcia com duas cabeças — uma de uma criança e outra de um crocodilo — é exibida pela primeira vez depois de ter sido escondida do público durante mais de um século, informa o jornal Hurriyet.

    Segundo explicaram os especialistas turcos, a múmia é composta por restos de uma princesa do Antigo Egito não identificada e o corpo e o crânio de um crocodilo do Nilo. A lenda que abrange essa história conta que a menina morreu atacada por um destes répteis. Por isso, os governantes daquela época decidiram juntar os corpos crendo que assim a jovem herdeira do faraó ressuscitaria transformando-se em crocodilo.

    Ao contrário de outras seis múmias de grandes figuras históricas, que estão preservadas no Museu Arqueológico de Istambul, esta peça única é mantida no Palácio de Topkapi em uma cidade turca por ordem do sultão otomano Abdul Hamid II, que reinou no fim do século XIX.

    ​Eis a múmia bicéfala exibida em Istambul que uma vez foi enviada para exílio pelo sultão otomano

    Inicialmente, a múmia permaneceu no Palácio de Yildiz, depois de ter sido trazida do Egito por outro sultão em meados do século XIX. O historiador turco Ibrahim Hakki Konyali escreveu na década de 1950 a anedota que causou a transferência da múmia deste palácio para outro.

    Aparentemente, um dos servos do Palácio de Yildiz queria que o confeiteiro da corte lhe desse doces. Como o pedido foi recusado, ele então decidiu fazer uma brincadeira, colocando a cabeça do crocodilo sobre as pilhas de sacos de açúcar do armazém do palácio. À noite, o criado começou a reproduzir sons no depósito para chamar a atenção. Assustados, os moradores do palácio foram até o local de onde vinha o barulho, e descobriram horrorizados a cabeça do réptil e acreditaram que ela era a fonte dos barulhos.

    Em seguida, o empregado apareceu e disse que retiraria a cabeça com a condição de que o confeiteiro aceitasse suas exigências.

    Após esse fato, o sultão decidiu que a múmia fosse transferida a sua atual residência para aliviar as tensões.

    Mais:

    Cientistas escaneiam múmia egípcia e encontram algo inesperado (VÍDEO)
    Múmia intacta de 1.000 anos dentro de 'caixão' de algodão é encontrada no Peru (FOTO)
    Múmia está de volta: restos antigos de 2.500 anos são encontrados em sarcófago 'vazio'
    Múmia 'extraterrestre' peruana: cientistas russos revelam primeiros resultados de análises
    Tags:
    menina, crocodilo, cabeça, múmia, Istambul, Turquia, Egito
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik