01:50 22 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Presidente dos EUA, Donald Trump, durante discurso no âmbito do Fórum Econômico Mundial em Davos, Suíça, 26 de janeiro de 2018

    Mulheres são apenas 24% dos palestrantes em eventos de destaque na Europa, diz pesquisa

    © AP Photo / Evan Vucci
    Sociedade
    URL curta
    104

    Para cada palestrante mulher em eventos de destaque na Europa, há três conferencistas homens, apontou relatório publicado nesta quarta-feira (7). Até mesmo eventos como o Fórum Econômico Mundial e Conferência de Segurança de Munique reproduzem este modelo.

    O levantamento da Open Society Foundations afirma que existe uma "enorme diferença de gênero" entre os convidados para falar em eventos de destaque na Europa.

    "Se você estiver caminhando na rua e ver quatro homens para cada mulher, você reconheceria que algo estava errado", afirmou Christal Morehouse em coletiva de imprensa em Bruxelas. "Mas, até o momento, ninguém questionou essa diferença".

    O pior evento em igualdade de gênero entre os palestrantes é o fórum anual de segurança da Globsec na capital eslovaca Bratislava, com apenas 12% das palestrantes mulheres, revelou o estudo. 

    A prestigiada Conferência de Segurança de Munique registra uma média de apenas 15% de palestrantes do gênero feminino.

    Já o Fórum Econômico Mundial, realizado em Davos, na Suíça, tem uma maioria masculina de 75%.

    O único evento com igualdade de gênero entre os palestrantes encontrado foi a Reunião de Implementação da Dimensão Humana (Human Dimension Implementation Meeting) da OSCDE. 

    A pesquisa levantou dados de 23 conferencias realizadas entre 2012 e 2017 e o gênero de seus 12.600 palestrantes — e 74% deles são homens.

    Mais:

    Artistas brasileiros se unem em campanha da ONU contra o machismo
    A cada duas horas, uma mulher é vítima de agressão sexual no Estado do Rio
    Violência contra a mulher é uma 'praga' que precisa ser combatida, diz Papa Francisco
    Opinião: 'Violência contra a mulher deve ser tratada com consciência'
    Tags:
    Open Society Foundations
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik