07:20 18 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    0 40
    Nos siga no

    Arqueólogos do Instituto de Patrimônio Nacional da Tunísia e seus colegas italianos descobriram ruínas submarinas pertencentes à antiga cidade romana de Neápolis, destruída por um tsunami no dia 21 de julho de 365 d.C.

    Os pesquisadores encontraram numerosas ruas e monumentos, bem como recipientes para armazenar garum, um molho de peixe fermentado, muito popular na antiga Grécia e Roma, produto que tinha um importante papel na economia da cidade, informa o portal científico ScienceAlert.

    As ruínas da cidade se estendem por 20 hectares e estão localizadas perto da atual Nabeul, no nordeste da Tunísia. Nápoles foi fundada no século V a.C. Seu nome em grego significa "cidade nova".

    Os historiadores acreditam que grande parte da cidade desapareceu e ficou parcialmente submersa durante o terremoto do dia 21 de julho do ano em 365 d.C., seguido por um tsunami que atingiu a cidade egípcia de Alexandria e a ilha grega de Creta, conforme registrado pelo historiador romano Amiano Marcelino.

    Mais:

    Herança dos vikings: arqueólogos descobrem castelo de mil anos na Dinamarca
    Não foi só a Grécia: Arqueólogos descobrem formas democráticas na América pré-colombiana
    Tags:
    arqueólogos, cidade antiga, inundação, tsunami, Tunísia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar