15:49 16 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Um manifestante incendeia um orelhão em São Paulo durante ato que acontece no âmbito da greve geral em 28 de abril de 2017

    Manifestação em frente à casa de Temer foi dispersada pela polícia

    © AFP 2019 / Miguel Schincariol
    Sociedade
    URL curta
    595

    A manifestação em frente à casa do presidente Michel Temer, em São Paulo, foi marcada por confronto entre manifestantes e a polícia.

    Imagens de televisão mostraram a tropa de choque usando bombas de efeito moral, balas de borracha e gás lacrimogêneo para dispersar o grupo de manifestantes, informou Agência Brasil.

    Apesar dos confrontos, a situação no Largo do Batata estava relativamente tranquila, segundo a assistente de projetos, Juliana Figueiredo, que conversou com a agência Sputnik Brasil e relatou alguns dos momentos da manifestação.

    Durante toda a sexta-feira trabalhadores paralisaram as atividades em vários setores do país em adesão à greve geral, convocada pelas centrais sindicais contra as reformas trabalhista e da previdência. 

    Mais:

    Polícia provoca 'guerra' na Cinelândia: 9 ônibus incendiados (VÍDEOS)
    Greve Geral: Temer critica bloqueio de vias em atos e reafirma compromisso com reformas
    'Recado foi dado a Temer', diz líder do MTST sobre greve geral
    Tags:
    manifestação, Juliana Figueiredo, Michel Temer, Brasil, São Paulo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar