12:59 24 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Hillary Clinton, pré-candidata democrata à presidência dos EUA

    História alternativa: o que aconteceria se Hillary Clinton tivesse ganhado?

    © AFP 2019/ Robyn Beck
    Sociedade
    URL curta
    516

    Novo site de notícias satíricas, na tradição do theonion.com, permite que usuários leiam notícias imaginárias como se Hillary Clinton tivesse ganho as presidenciais em vez de Donald Trump.

    As histórias no theonion.com existem num universo alternativo em que o trabalho do colégio eleitoral não tem importância e o feminismo reina de forma absoluta.

    ​"Notícias da América real, onde a maioria é quem governa", frisa o slogan do site de notícias imaginárias.

    ​O site tem dezenas de manchetes falsas, que variam de "Elizabeth Warren nomeada secretária do Tesouro" a "Trump diz que JonBenét Ramsey tem a fibra de 10".

    "Trump comunicou que as coisas teriam sido diferentes para a candidata do concurso de beleza para crianças, que tinha 6 anos quando faleceu, ele poderia namorar com ela visto que eles compartilhavam o 'talento para obtenção de publicidade'", brinca cruelmente o site, lembrando a criança que foi brutalmente assassinada, alegadamente por seus pais, no Natal de 1996.

    ​Os criadores do site não se identificaram. O seu Twitter juntou apenas 162 seguidores.

    "Amnistia Internacional confirmou na quarta-feira que já passaram dois dias desde que Vladimir Putin matou um jornalista", de acordo com outra história falsa no site.

    O site de notícias falsas também pretende que Clinton não empurraria o país para mais uma guerra desnecessária, comunicou Cassandra Fairbanks á Sputnik Internacional.

    Mais:

    Campanha de Hillary Clinton diz que vai participar da recontagem de votos
    Hillary Clinton não queria sair de casa após saber os resultados das eleições
    Tags:
    manchetes, candidata, falsas, feminismo, informação, notícias, site, Donald Trump, Hillary Clinton, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar