08:02 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Seca

    Artistas alemães inventam água virtual para ajudar Terceiro Mundo

    CC BY-SA 2.0 / Carlos Adampol Galindo / Aridez do terreno de Regresso a Uyuni, Bolívia
    Sociedade
    URL curta
    15310
    Nos siga no

    Um grupo alemão de artistas anônimos, chamado Bohemian Ballet Browser, fez um vídeo satírico sobre um dispositivo de realidade virtual que, de acordo com sua ideia, foi criado pela empresa Nestlé para ajudar as pessoas necessitadas.

    O dispositivo visa dar às pessoas da África a oportunidade de esquecer a sua vida miserável e tornarem-se felizes vendo água limpa, montanhas e muitos alimentos através de óculos de realidade virtual.

    O vídeo é suposto chamar a atenção para as atividades das multinacionais nos países do Terceiro Mundo e a ignorância das condições de vida da população local.

    A Sputnik Alemanha falou com os artistas que criaram o vídeo satírico.

    "A Nestlé está bombeando água nos países do Terceiro Mundo e a vendendo em garrafas de plástico — enquanto a população local não tem acesso a água potável. Numa afirmação polémica, o diretor-geral da companhia contesta o direito da humanidade ao acesso à água. Perguntamos a nós mesmos: o que a Nestlé pode fazer para salvar a imagem sem mudar o modelo de negócio?” disse um representante do Bohemian Ballet Browser.

    Segundo os artistas, a empresa decidiu criar óculos de realidade virtual que são vendidos à população local por um preço que equivale à sua renda anual. Usando esses óculos, os residentes dos países pobres podem ver como são a água limpa e os alimentos nos países desenvolvidos. 

    Óculos de realidade virtual
    © Foto / Bohemian Browser Ballett
    Óculos de realidade virtual

    De acordo com a ideia do vídeo, os residentes dos países desenvolvidos também podem usar os óculos para ajudar aqueles que precisam, sem se levantar de seu sofá e dando-lhes alimentos e bebidas virtuais.

    Segundo os artistas, a ideia de usar óculos de realidade virtual é uma forma de demonstrar a ignorância das grandes corporações em relação à população dos países pobres:

    "A realidade virtual é o futuro. Para quê resolver os problemas na realidade, se você pode fazê-lo virtualmente? Cremos que esses óculos vão realmente ajudar as pessoas. Embora elas morram de fome e sede, pelo menos, perante eles haverá uma foto bonita", diz o artista com sarcasmo.

    Quanto à reação da Nestlé ao vídeo, o Bohemian Browser Ballett recebeu um comentário lacónico da empresa no Facebook: "Não tiramos a água dos africanos", comentário que mereceu uma resposta dos artistas: "Nesse caso, podemos respirar de alívio".

    Mais:

    Água de beber: Quando petróleo é mais barato
    Dispositivo russo permite purificação universal da água
    Por que gastamos enormes quantidades de água quando utilizamos Internet?
    Tags:
    água, realidade virtual, Nestlé, África
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar