15:05 29 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    15125
    Nos siga no

    Cerca de 3 mil habitantes da cidade de Banstol poderão ver, já no próximo ano, o templo que será criado em homenagem não oficial ao presidente russo, Vladimir Putin. O templo será erguido em honra de Maria Madalena.

    O plano inicial era construir uma igreja de madeira em memória das vítimas da operação Burya (na República Sérvia de Krajina), mas o bispo Vasily conseguiu doações para construir um templo muito maior. O promotor da construção da igreja, Branko Simonovic, declarou à mídia local que a igreja vai ser muito parecida à igreja russa de São Nicolau, o Milagreiro, que se encontra na capital búlgara, Sófia. A igreja terá uma área de 200 m2.

    A decisão, aparentemente estranha, de construir uma igreja russa na Sérvia tem explicação histórica: depois da Revolução de Outubro na Rússia, vários russos famosos se mudaram para a cidade sérvia de Sremski Karlovci. Aí se situava a residência oficial da Igreja Ortodoxa da Rússia no estrangeiro e os emigrantes ajudavam muito o povo sérvio.

    Simonovic está seguro que "o templo de Putin" ajudará a desenvolver o território em torno de Banstol, que esteve abandonado por muito tempo.

    "Putin é uma marca mundial, não estou vendo nenhum obstáculo para que nós tenhamos aqui algo dedicado a ele. Afinal de contas, isto poderá ser uma espécie de presente para ele", disse Siminivic.

    Ainda não se juntou todo o dinheiro, mas Branstol e a Diocese de Srem esperam receber a resposta dos mecenas locais. Afinal, o templo receberá não oficialmente o nome do presidente russo.

    Mais:

    Papa Francisco anuncia nomeação de arcebispo brasileiro para cardeal
    Irmandade Eslava 2016: Sérvia e Rússia preparam exercícios aéreos conjuntos
    Pequeno Putin nasce no Egito
    Tags:
    homenagem, igreja russa, igreja ortodoxa, Vladimir Putin, Sérvia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar