21:00 25 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Restos do barco Terror no fundo marítimo, imagem da fundação Arctic Research Foundation

    Barco perdido há 170 anos é encontrado no Canadá

    © REUTERS/ Arctic Research Foundation
    Sociedade
    URL curta
    0 190560

    O governo do Canadá confirmou a notícia recente sobre o achado do Terror, o segundo barco da expedição britânica, comandada por John Franklin, que desapareceu em 1846 durante exploração do Ártico.

    Segundo a agência federal Parcs Canada, citada pelo site Global News, os arqueólogos confirmaram descobrimento do navio Terror por uma equipe de cientistas da fundação Arctic Research Foundation, no início deste mês.

    O barco foi encontrado graças a um aparelho especial que determina distância por som – o sonar. O veículo estava a uma profundidade de 24 metros, em uma cratera submarina na costa da Ilha do Rei Guilherme, a oeste do assentamento de Gjoa Haven, no Canadá. Para detectar o barco, foi necessário realizar quatro imersões "em condições meteorológicas adversas e visibilidade limitada". 

    Os restos do primeiro navio da mesma expedição, o H.M.S. Erebus, foram achados antes, em 2014, a 50 quilômetros a sul do local onde o Terror foi encontrado.

    Os dois barcos do explorador John Franklin, o Terror e H.M.S. Erebus, afundaram no Ártico após ficarem presos no gelo durante um ano e meio. 129 tripulantes abandonaram os navios, mas ninguém sobreviveu.

    A expedição saiu da Inglaterra em 19 de maio de 1845 na tentativa de encontrar a Passagem do Noroeste, via marítima que permite alcançar a Ásia através do Ártico.

    As embarcações da expedição possuíam camarotes com sistema de aquecimento, biblioteca com muitos romances de Charles Dickens e reservas de comida suficientes para três anos.

    Os dois barcos têm sido alvos desejados de busca entre arqueólogos e serviram de inspiração para canções, poemas e romances.

    Embora os restos do Terror pertençam ao governo britânico, está sendo negociada a transferência de propriedade para as autoridades canadenses.

    Mais:

    Rússia abre novo campo de petróleo no Ártico
    Noruega explora com a Rússia recursos do Ártico apesar das sanções
    Tags:
    gelo, cratera, expedição, descoberta, barco, Inglaterra, Ásia, Canadá, Ártico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik