17:44 25 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Festa de encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016

    Voluntária no Rio: 'Nunca se pode deixar todo o mundo satisfeito'

    Fabrice COFFRINI
    Sociedade
    URL curta
    Rio 2016 (253)
    0 20831

    Uma jovem russa que foi ao Brasil para trabalhar durante os Jogos Olímpicos do Rio partilhou com a Spuntik a sua experiência como voluntária.

    Tal evento internacional como Olimpíadas claramente sempre atrai muita atenção e, ao mesmo tempo, muita crítica. Em particular, os jogos na capital brasileira foram muito criticados por falta de segurança, péssima organização e falta de voluntários.

    Anna Ginzburg, falando com a Sputnik Brasil, admitiu ter havido vários problemas, mas eles não conseguiram arruinar o momento vivido por muitos de desfrutar da grande festa do esporte internacional.

    "No local onde eu trabalhei (Estádio Olímpico) de verdade houve dias em que só metade dos voluntários que estavam previstos apareceram. Já que os voluntários não eram pagos por seu trabalho, não havia forma de controlar sua vinda, então muito dependia da atitude do voluntário".

    A jovem russa também admite que nem todos os cidadãos tinham uma atitude positiva relativamente aos Jogos Olímpicos:

    "Segundo as palavras das pessoas locais que conheço, as pessoas comuns o que menos precisavam era de uma Olimpíada. Mas acho que a questão é eterna, nunca se pode deixar todo o mundo satisfeito. Seja como for, a cobertura da Olimpíada pela mídia estrangeira, a atmosfera foi mágica".

    Tocando tais problemas como o vírus Zika e outras possíveis doenças que poderiam afetar a saúde dos esportistas, turistas e voluntários, Anna informou que diariamente eles recebiam medicamentos preventivos contra picadas de mosquitos e insetos. Todos deles também eram vacinados antecipadamente.

    Por mais difícil que situação política e social seja, o evento deixou um monte de emoções:

    "Fiquei com tantas impressões! Este é um país desconhecido para nós, a primeira experiência de participação em um evento tão grande de escala e diariamente aqui é cheio de emoções incríveis".

    Atualmente a jovem já retornou à Rússia e desde agora claramente terá muito para contar. Ela tem o canal na rede Telegram no qual ela partilhou e continuará partilhando da sua experiência.

    Tema:
    Rio 2016 (253)

    Mais:

    Campanha anti-Rússia pode prejudicar EUA a sediar as Olimpíadas em 2024
    Tags:
    voluntários, Jogos Olímpicos, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik