03:57 24 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Entrada principal do antigo campo de Auschwitz-Birkenau

    Varsóvia se ofende com Vaticano por 'campo de concentração polonês'

    © Sputnik/ Valeriy Melnikov
    Sociedade
    URL curta
    238711

    Polônia ficou indignada pelo uso da expressão "campo de concentração polonês" no portal católico do Vaticano, relata o canal TVN24.

    O portal católico Il Sismografo, numa nota sobre o encontro do Papa com a única mulher que nasceu neste campo e aí conseguiu sobreviver, escreveu que o lugar de seu nascimento foi "o campo de concentração polonês de Auschwitz".

    Varsóvia encarregou as embaixadas no Vaticano e em Itália de tomarem medidas e assinalou que Auschwitz não era um campo polonês, mas um campo nazista em território polonês.

    Auschwitz era um campo de concentração nazista que estava localizado no sul da Polônia, à distância de 60 km da cidade de Cracóvia, e que é considerado o maior e mais terrível símbolo do Holocausto. Segundo várias estimativas, lá foram assassinadas até 1,4 milhões de pessoas, mais de um milhão delas eram judeus. Hoje no território do campo funciona um museu.

    Mais:

    Americanos e europeus ignoram papel da União Soviética na Vitória sobre o nazismo
    Deputados do Parlamento Europeu foram suspensos e multados por apologia ao nazismo
    TV da República Tcheca lança reality show sobre nazismo
    Tags:
    campo de concentração, Auschwitz, Papa Francisco, Polônia, Vaticano, Varsóvia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik