18:25 18 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Avião passageiro A-319

    Segurança na Europa: Portugal facilita controle de passaportes

    © Sputnik / Marina Lisceva
    Sociedade
    URL curta
    0 10

    Portugal introduz nova tecnologia para que nove nacionalidades, inclusive brasileiros e estadunidenses, possam deixar o país o mais rápido possível.

    Nesta segunda-feira (18), o aeroporto de Lisboa inaugurou o uso do sistema automatizado chamado Rapid4All que torna mais breve a passagem pela fronteira de cidadãos de nove países (EUA, Canadá, Austrália, Brasil, Venezuela, Japão, Coreia do Sul, Singapura e Nova Zelândia), mas só na saída de Portugal.

    Os seus colegas do Aeroporto do Porto referiram, falando com a Sputnik, que o sistema Rapid já está sendo usado para facilitar controle de passaportes, mas só para voos dentro da Europa, já que o aeroporto não possui o Rapid4All novo que poderia facilitar a saída de passageiros para outros países, inclusive o Brasil.

    Lançamento do Rapid4all no aeroporto de Lisboa
    Lançamento do Rapid4all no aeroporto de Lisboa

    O Sistema de Reconhecimento Automático de Passageiros Identificados Documentalmente (RAPID) atualmente está instalado nos aeroportos de Faro, Lisboa, Porto, Madeira e Açores.

    Claramente, o governo está assegurando que este alargamento não compromete em nada os níveis de segurança. Mas a Sputnik queria especificar tudo o que seja feito para não desistir do alerta máximo que deve ser usado durante o controle de passageiros em pontos tão importantes de transporte como aeroportos. Enfim, é uma máquina que pode ser enganada, né?

    Infelizmente, nenhum dos telefones do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), que controla a entrada do sistema em território português no Aeroporto Humberto Delgado (Lisboa), onde ele foi inaugurado, não respondeu e o pedido de comentário por e-mail ficou sem resposta.

    Tags:
    inovação, segurança, aeroportos, Portugal, Europa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik