13:37 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    231
    Nos siga no

    O crítico Nigel M. Smith, do jornal britânico The Guardian, torce para que o filme brasileiro Aquarius esteja na disputa pela estatueta de melhor filme estrangeiro.

    O Oscar de 2017 ainda está distante, mas o filme brasileiro Aquarius já está sendo cotado para disputar a maior premiação do cinema. O crítico Nigel M. Smith, do jornal The Guardian, colocou o filme de Kleber Mendonça Filho como uma de suas apostas para concorrer ao troféu do ano que vem  na categoria de melhor filme.

    ​Segundo o jornalista, Aquarius, que estreou no Festival de Cannes, merece a indicação. Ele dividiu suas apostas em três categorias: os filmes que certamente poderão ser nomeados, os que têm grandes chances de concorrer e os que deveriam concorrer. Aquarius está na terceira categoria, porque segundo ele, o filme é menos "comercialmente amigável" do que o tipo de filme estrangeiro que o Oscar tende a privilegiar nas principais categorias. 

    O crítico chama atenção para a atuação de Sónia Braga no papel da protagonista Clara, mas observa que ela mesma dificilmente concorreria ao prêmio de melhor atriz. Segundo ele, a Academia de Hollywood raramente abre espaço para filmes em língua estrangeira nas categorias de atuação.

    Aquarius será distribuído em mais de trinta países. O filme ainda não tem data de estreia prevista no Brasil.

    O Brasil já tentou disputar o prêmio na categoria o Melhor Filme Estrangeiro em 2016 com o filme "Que Horas Ela Volta?", de Anna Muylaert, mas fracassou. 

    O país não tinha um filme indicado na categoria de melhor longa de idioma estrangeiro desde 1999, quando concorreu com "Central do Brasil", produção dirigida por Walter Salles e protagonizada por Fernanda Montenegro.

    Entre os outros destaques do ano estão “A Garota no Trem” (The girl on the train, em inglês), “Silêncio” (Silence),”Jogo de Dinheiro” (Money game), “Procurando Dory” (Finding Dory) e outros.

    ​O Oscar é um prêmio entregue anualmente pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, fundada em Los Angeles, Califórnia, em 11 de maio de 1927. Os Oscares são entregues pela Academia, em reconhecimento à excelência dos profissionais da indústria cinematográfica. É a mais antiga cerimônia de premiação na mídia e muitas outras, como o Grammy, Emmy e Globo de Ouro, foram inspiradas no Oscar.

    Mais:

    DiCaprio agradece aos habitantes da Sibéria pelo Oscar
    Tudo pronto para Oscar dos BRICS
    Torcida brasileira acredita que “O Menino e o Mundo” é forte candidato ao Oscar
    Tags:
    festival, disputa, prêmio, indústria de cinema, melhor filme, Oscar, The Guardian, Anna Muylaert, Kleber Mendonça Filho, Grã-Bretanha, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar