10:15 23 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Tenda encontrada pela equipe de resgate no Passo Dyatlov em 26 de fevereiro de 1959

    A história se repete? Mais uma turista desaparece em misterioso monte russo

    © Foto: Wikipedia
    Sociedade
    URL curta
    140

    Uma mulher de 30 anos de idade desapareceu no Passo Dyatlov, uma passagem no norte nos montes Urais, o que provocou nova onda de teorias misteriosas.

    Em 18 de junho a mulher iniciou sozinha uma caminhada nesta região, esperando chegar ao destino três dias depois. No entanto, até agora ela não contatou ninguém.

    Segundo o serviço de imprensa do Ministério de Emergências russo, na região há ainda mais dois grupos de caminhantes não registrados e a turista poderia ter se juntado a um deles. É impossível passar a rota de 400 quilômetros de ida e volta a pé em três dias, afirma a equipe de resgate.

    De acordo com a RIA Novosti, um representante do Ministério de Emergências está certo que a turista levará cerca de 20 dias a percorrer a rota.

    Desde o ano de 1959, quando todos os elementos de grupo de esquiadores liderado pelo estudante Igor Dyatlov morreu nesta zona, apareceu uma imensa quantidade de especulações. Fala-se de um fenômeno paranormal ou de ensaios de armas secretas. 

    Quatro dias depois do desaparecimento (nessa altura caía neve e as temperaturas estavam negativas) um dos grupos de resgate encontrou uma tenda coberta de neve e rasgada a partir do interior, com bens pessoais, mas sem ninguém dentro. Na distância de 1,5 km de da tenda foram encontrados os corpos, dois tinham costelas quebradas, e o terceiro uma fratura no crânio. Nunca se soube ao certo o que aconteceu com essas pessoas.

    Mais:

    Diplomata italiano morre na Venezuela em circunstâncias misteriosas
    Grande mistério da pintura mais famosa do mundo será revelado
    Bola de fogo misteriosa cruza o céu na Califórnia
    Tags:
    mistério, resgate, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik