00:07 10 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Candidato republicano à Presidência dos EUA, Donald Trump, durante o debate presidencial republicano organizado pela CNN, no The Venetian, em Las Vegas, Nevada. 15 de dezembro.Donald Trump

    Trump não é o campeão do Queen

    © AFP 2019 / Robyn Beck © REUTERS / Dominick Reuter
    1 / 2
    Sociedade
    URL curta
    0 13
    Nos siga no

    Brian May, guitarrista do Queen, avisou Donald Trump de que o uso das suas músicas na campanha eleitoral do candidato republicano não é bem visto pelo renomado grupo musical e solicitou que pare de utilizá-las.

    Trump apareceu na terça feira ao som da lendária ’We Are the Champions’, causando “uma avalanche de reclamações”, segundo May.

    “Estamos consultando para saber que ação tomar para que isso não seja mais reproduzido. Independentemente das nossas opiniões sobre o programa de Trump, sempre foi contra nossa moral permitir a utilização da música do Queen para fins políticos”, acrescentou ele.

    O mesmo caso já aconteceu com Sullivan, com a música ‘Eye of the Tiger’, que foi usada por Mike Huckabee (também republicano), e Sarah Palin, quando usou a famosa ‘Barracuda’ das Heart. Em todos os casos a desaprovação não se deveu a um simples capricho mas sim à diferença de valores e crenças e, em alguns casos, até “ódio” pelo candidato, revelado através do Twitter do artista.

    No caso do magnata norte-americano não é a primeira  vez que ele faz uso de músicas renomadas nas suas campanhas sem a autorização dos respetivos artistas – Neil Young, Rolling Stones, R.E.M. e Adele também já mostraram  frustração ao representarem involuntariamente alguém com quem aparentemente não simpatizam.

    Em todos os casos, o político norte-americano não respondeu com modéstia nem arrependimento, ao contrário de outras figuras públicas “culpadas” do mesmo erro – Trump usou o Twitter para dizer que tinha “melhores opções”.

    Mais:

    'Sábio e sagaz': Trump impressiona mídia da Coreia do Norte
    Trump já gastou $43 milhões da sua conta pessoal com corrida presidencial
    Dupla dinâmica: Sarah Palin manifesta apoio a Donald Trump
    Tags:
    direitos, republicanos, direitos autorais, campanha eleitoral, controvérsia, artistas, música, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar