10:47 05 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    211
    Nos siga no

    A rede social russa VKontakte negou os rumores de vazamento de dados de 100 milhões de seus usuários. Não teve roubo de dados, afirmou a fonte da companhia à agência RIA Novosti nesta segunda (6).

    Antes, o site Motherboard escreveu que os dados dos usuários da rede VKontakte foram colocados à venda no segmento informal da Internet. De acordo com o portal, um hacker, chamado Peace, possui os nomes, e-mails, números de telefones e senhas dos usuários após a rede social ter sido hackeada entre 2011 e 2013. 

    ​"Estamos falando sobre a antiga base dos nomes dos usuários e senhas, que foram roubada no período de 2011 a 2012. Todos os usuários mencionados nela foram forçados a trocar os logins para acessar a página", disse o representante da rede social.

    Este não é o primeiro caso em que criminosos estão tentando vender os dados dos usuários da rede, mas segundo ele, agora lá não tem nomes de usuários e senhas existentes a partir de 2012.

    A empresa observou que os especialistas analisaram mais uma vez a base de dados e confirmaram que os hackers não possuem os dados atuais para acessar as páginas dos usuários. 

    A rede VKontakte também lembrou a inadmissibilidade de instalação de software não testado nos dispositivos eletrônicos e avisou os usuários de não usarem senhas simples.

    "Tais bases de dados oferecidas para venda na Internet, na maioria dos casos consistem de fragmentos de bases dos logins e senhas antigas de vários serviços on-line, cujos usuários concederam voluntariamente o login o seu e-mail, vinculado à rede social. A autenticação em duas etapas elimina quase totalmente o acesso não autorizado ao seu perfil", afirmou o representante do recurso.

    A VKontakte é a maior rede social do segmento russo da Internet. Cerca de 65 milhões de usuários visitam a página VKontakte diariamente.

    Mais:

    Rede social do Estado Islâmico foi criada e destruída em um só dia
    Ucranianos exigem boicotar rede social Facebook
    Regimento Imortal: russos recordam Segunda Guerra Mundial criando rede social
    Tags:
    páginas, ataque hacker, roubo, banco de dados, vazamento, rede social, VKontakte, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar