22:25 18 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Pixee Fox

    Moça sueca faz cirurgias para ser como Jessica Rabbit

    © Foto: Youtube/ The Young Turks
    Sociedade
    URL curta
    713

    Pixee Fox, da cidade sueca de Gavle, se considera a si mesma como uma obra de arte. A obsessão dela com o mimetismo de Jessica Rabbit, personagem do desenho animado, foi a razão porque ela deixou o trabalho de eletricista e sofreu uma série das cirurgias plásticas, retirando seis costelas.

    Três cirurgias do nariz, levantamento das sobrancelhas, três modificações da cintura e quatro cirurgias mamárias. Estas são só algumas das cirurgias que Pixee, enfrentou para imitar a sua personagem favorita. Agora, após 17 operações, Pixee é um monumento vivo da cirurgia plástica e a primeira moça que removeu cirurgicamente seis costelas. Ela vive em Los Angeles e é famosa em todo o mundo por sua aparência peculiar de boneca e uma irreal cintura de 40 cm.

    “Tento ganhar proporções femininas, formas femininas um pouco exageradas. Peito grande, cintura estreita, ancas largas, pernas finas, olhos grandes e cabelos longos”, disse Pixee à emissora sueca durante a última visita ao país natal.

    Na verdade, para remover as costelas são precisas razões médicas graves, como câncer ósseo ou a necessidade de remover órgãos internos. No caso de Pixee, a razão foi simplesmente porque ela quis. Como ela própria reconhece, nunca estudou a medicina mas se considera erudita neste assunto.

    “Depois da minha primeira cirurgia plástica, senti que isto era o que queria fazer. Isto é aquilo a que quero dedicar a minha vida”, declarou Pixee Fox à emissora sueca.

    Todavia, tal “remodelação” extrema tem o seu impacto sobre a vida da moça, quem tem de se adaptar e aceitar certas deficiências. Apesar disso, ela se orgulha de ser a única pessoa que sofreu voluntariamente tal tipo de cirurgias.

    “Tinha de adaptar a minha vida às minhas cirurgias, e aos meus hábitos de vida. O emprego das 9 às 5, seja qual for o tipo, não me serve. Os peitos são tão grandes que é difícil fazer algumas coisas”, disse Pixee.

    De acordo com ela, o seu exemplo pode servir como inspiração positiva, motivando as pessoas a ser quem são, mesmo que sejam muito criticadas.

    Tags:
    desenho animado, bonecas, cirurgia, Los Angeles, EUA, Suécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar