08:02 28 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    004
    Nos siga no

    O presidente da França, François Hollande, confirma a queda do avião da empresa Egyptair no mar Mediterrâneo.

    De acordo com as últimas informações prestadas pela mídia árabe, Sherif Ismail, o primeiro-ministro do Egito, durante a coletiva de imprensa não excluiu a possibilidade de ato terrorista a bordo de A320.

    O Ministério da Aviação do Egito confirmou a informação de que a aeronave teria caído no mar Mediterrâneo perto da ilha grega Karpathos.

    Segundo o vice-diretor da companhia aérea Egyptair, Ahmed Abel, a tripulação do avião Airbus A320-200, desaparecido dos radares nesta quarta-feira (18) às 23h26 (horário de Brasília), não informou sobre nenhum problema técnico ao deixar o aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, informou a agência CNN.

    O último contato com a tripulação do A320 foi registrado 10 minutos antes de seu desaparecimento dos radares.

    Os representantes da companhia aérea EgyptAir divulgou os dados sobre a experiência profissional dos pilotos da aeronave A320. "O comandante da aeronave tinha 6.275 horas de voo, incluindo 2.101 horas no Airbus A320", disse o comunicado na rede social Twitter. O segundo piloto tinha 2.766 horas de voo.

    A avião A320 já tinha estado com problemas técnicos em 2013, quando teve que fazer um pouso de emergência devido ao sobreaquecimento de um dos motores, disse o canal SkyNews, citando fontes no Ministério da Aviação do Egito.

    O avião transportava a bordo cidadãos do Egito, da Arábia Saudita, França, Reinio Unido, Portugal, Bélgica, Kuwait e Iraque.

    ​A EgyptAir criou uma equipe de operações de emergência, inclusive representantes de todos os serviços de aviação, para monitorar a situação.

    A aeronave, que seguia trajeto entre Paris e Cairo pelo voo MS804, com 56 passageiros e 10 membros da tripulação a bordo, desapareceu dos radares na madrugada de hoje, 20 minutos depois de ter entrado no espaço aéreo da Grécia.

    Tags:
    França, Grécia, Egito, Mediterrâneo, EgyptAir, A320, avião, problemas, pilotos, catástrofe, motor, aeronave, desaparecido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar