04:26 22 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Foto do filme: Sempre ao Seu Lado

    Cachorro brasileiro repete história do filme do cão japonês Hachiko

    Sociedade
    URL curta
    18306271

    Um cão aguarda na porta de casa o retorno do dono que morreu. Parece cena do cão japonês Hachiko, no filme “Sempre a seu lado”, com o ator Richard Gere, mas é a história de Romerito, um cachorro que faz vigília na porta da casa da vila onde morava com o dono, que morreu há um mês, no bairro do Méier, na Zona Norte do Rio.

    Com pena do animal, os vizinhos se revezam nos gastos com ração e remédios para cuidar de Romerito.

    ​Em entrevista exclusiva com o proprietário da casa onde Romerito vivia, o comerciante Gilberto Jesus, o cachorro estava com o dono há dez anos e dormia até na cama com ele. Gilberto contou que, mesmo recebendo seus cuidados e atenção dos vizinhos, o cão permanece próximo a entrada da casa do antigo dono. “Todo mundo dentro da vila está adotando ele, está ajudando, mas ele está triste, parece que tem horas que ele lembra do dono, aí ele fica triste, parece mesmo uma pessoa, quanto perde um pai e uma mãe. Nunca vi esse comportamento na minha vida.”

    Romerito - foto retirada da reportagem da TV Globo
    Romerito - foto retirada da reportagem da TV Globo
    Ainda segundo Gilberto Jesus, quanto o dono do animal morreu, após passar um período no hospital, outras pessoas chegaram a levar o animal dali, mas Romerito não se adaptou e foi devolvido para a rua onde vivia. “No dia do enterro do dono, eu paguei um rapaz para ficar com Romerito, mas dois dias depois, o cachorro estava de volta na rua. Depois paguei a outra pessoa para levar para a Suípa (Sociedade união internacional protetora dos animais), mas cinco dias depois, no dia da morte do dono do animal, Romerito apareceu de volta na vila e de lá para cá não saiu mais. É uma história interessante mesmo.”

    A história de Romerito já foi parar fora do bairro do Méier. Nas redes sociais muitas pessoas se comovem com a saudade do animal pelo dono.

    Tags:
    Gilberto Jesus, Romerito, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik