23:41 22 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Moradores vão em bicicleta, carro improvisado e a pé pela cidade de Pedernales, Equador, completamente destruída pelo terremoto de 16 de abril.

    Terremoto deixa 272 vítimas fatais no Equador; veja como trabalham equipes de resgate

    © AP Photo / Dolores Ochoa
    Sociedade
    URL curta
    0 02

    Até o momento, o número de vítimas do terremoto que sacudiu o Equador na noite de sábado atingiu 272 pessoas; os feridos são 2.068.

    A informação foi confirmada na madrugada de domingo para segunda-feira pelo presidente do país, Rafael Correa. Ele acredita que estes números vão aumentar.

    Em uma série de tuítes publicados ontem, Correa conta a sua viagem à cidade de Manta, uma das localidades mais afetadas pelo sismo.

    "Segurança pública controlada. Asilos sendo preparados. O país inteiro mobilizado. Agradeço ao mundo inteiro pela solidariedade", reza a última postagem até o momento.

    O terremoto, cujo epicentro se encontrava na província de Manabí (300 km ao oeste de Quito, capital), foi o mais forte no Equador desde 1979. Foi sentido também no sul da Colômbia e no Peru.

    Veja equipes ​de resgate trabalhando em diversas cidades afetadas, algumas delas quase completamente destruídas.

    © Sputnik .
    Terremoto no Equador: resgate e ruínas

    Mais:

    Número de mortos em terremoto no Equador chega a 233
    Putin expressa condolências pelo terremoto no Equador
    Terremoto de magnitude 7,8 atinge Equador
    Tags:
    terremoto, Rafael Correa, Equador
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik