19:53 23 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Polícia usa canhão d'água durante protesto contra imigração em Colônia, Alemanha

    Depois de Colônia, alemães têm mais cautela com refugiados

    © REUTERS / Wolfgang Rattay
    Sociedade
    URL curta
    0 92

    A última pesquisa do projeto Sputnik-Opinião, realizada na Alemanha pela empresa Populus para a Sputnik, demonstra uma queda de 7% no número de alemães que acreditam que o governo deve acolher os refugiados.

    41% dos participantes da pesquisa respondera "Não" à pergunta "O governo da Alemanha deve deixar os refugiados entrarem no país?". Este indicador superou em 6% aquele demonstrado na primeira etapa da pesquisa, em outubro de 2015.  A percentagem daqueles que acham que o governo "deve deixar" os refugiados entrarem reduziu-se em 7%, o que é uma queda significante do ponto de vista da estatística. Agora são 51%, contra 58% revelado pela pesquisa anterior.

    Esta queda aconteceu um mês depois do acidente de Colônia, cidade alemã que viveu uma virada do Ano Novo de abuso sexual em massa cometido por refugiados contra mulheres alemãs e turistas.

    O que fazer com os refugiados?
    © Sputnik /
    O que fazer com os refugiados?

    As enquetes foram realizadas pela empresa Populus para a agência de notícias Sputnik de 25 de setembro a 15 de outubro de 2015 e de 3 a 4 de fevereiro de 2016. Os dados representam a população de sexo, idade e localização diferentes. O intervalo de confiança para os dados nacionais é de 3,1%, a margem de confiança é 95%.

    Sputnik-Opinião

    O projeto Sputnik-Opinião começou em janeiro de 2015. A empresa de pesquisas de opinião pública Populus é o principal parceiro do projeto. As pesquisas realizadas no âmbito da iniciativa abrangem vários países da Europa e os EUA e tocam nos assuntos mais relevantes da atualidade social e política.

    Tags:
    refugiados, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar