06:00 04 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    551
    Nos siga no

    Ele não tem uniforme para jogar futebol e nem sequer sua própria bola. Ele acanha-se a falar com pessoas desconhecidas e ainda não sabe escrever. O seu ídolo é o craque argentino Lionel Messi. Ele é o menino de cinco anos chamado Mortaza Ahmadi da cidade de Ghazni, no sudoeste do Afeganistão.

    Anteriormente na Internet apareceram fotos de Mortaza com a camisa de Messi feita de um saco de plástico. O jogador do clube FC Barcelona e seleção argentina já aceitou encontrar-se com Mortaza. O pai do menino, Mohammad Aref, contou à Sputnik como o seu filho apaixonou-se com o futebol:

    ​“Tudo começou um ano atrás quando Mortaza começou a jogar futebol com os seus coetâneos no terreiro. Depois disso, ele começou a acompanhar o futebol na televisão. Ele torcia por Messi e o seu irmão mais velho por um outro jogador. Temos problemas com eletricidade, mas usamos a energia solar para ligar a nossa pequena TV de 14 polegadas e através de um antena de satélite acompanhamos as transmissões. Mortaza desde há muito tempo queria uma camisa de Messi e por isso ele comprou um saco de plástico branco e azul que, pelas suas cores, é parecido com a uniforme da seleção argentina e o seu irmão mais velho pintou o número 10 com um marcador e o nome de Messi. Mortaza não tem bola para jogar futebol e ele o empresta do seu tio e joga com os seus amigos. O meu filho sonha com encontrar o seu ídolo e nós esperamos que isto aconteça um dia”. 

    O próprio rapaz também disse algumas palavras à Sputnik:

    Sputnik: Olá! Tudo bem?

    Mortaza Ahmadi: Olá! Tudo bem!

    S: Quantos anos vocês tem?

    MA: Cinco! Sou Mortaza Messi, o pequeno Messi!

    ​A Federação de Futebol do Afeganistão confirmou que os representantes de Lionel Messi já os tinham contatado. Agora está se realizando a preparação do encontro de Mortaza com o seu ídolo.

    “A direção da Federação de Futebol do Afeganistão recebeu uma mensagem de Messi e Barcelona sobre o encontro”, disse o porta-voz da federação Sayed Ali Kazemi à agência EFE.

    Parece que o encontro do pequeno Messi afegão com o grande Messi realmente acontecerá.

    Tags:
    futebol, esporte, FC Barcelona, Lionel Messi, Afeganistão, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar