02:54 19 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Copenhagen, capital da Dinamarca

    ‘Princípios firmes’: Multiculturalistas na Dinamarca preferem bairros sem imigrantes

    © AFP 2018/ SARA GANGSTED / SCANPIX DENMARK
    Sociedade
    URL curta
    1081

    Os ativistas e defensores do multiculturalismo que opinam que a Dinamarca deve receber mais refugiados, eles mesmos preferem evitar os imigrantes e vivem em zonas exclusivamente de população dinamarquesa, escreve o jornal BT.

    A edição mostra onde vivem os principais defensores dinamarqueses do multiculturalismo — David Trads, Georg Metz, Stine Bosse, Carsten Jensen, Bo Lidegaard  e a tendência é bastante clara. Eles preferem zonas com predomínio de população dinamarquesa e evitam bairros com grande quantidade de imigrantes muçulmanos.

    Em Copenhagen os multiculturalistas preferem bairros como Frederiksberg и Østerbro que, junto com  København, têm uma porcentagem mais baixa de habitantes com origem não dinamarquesa. 

    O historiador Mikael Jalving, que é famoso por suas críticas contra a imigração em massa, chama isto de ”hipocrisia”:

    “Eles não querem submeter-se à prática que eles próprios propagandeiam em palavras. Eles vivem nos seus castelos de vidro e devem confessar que o seu conhecimento da realidade social é bastante limitado”.

    Tags:
    hipocrisia, muçulmanos, imigrantes, Dinamarca
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik