17:45 22 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Supermercado nos EUA

    Americanos ficarão em ‘escuridão’ relativamente a produtos OGM

    © flickr.com/ U.S. Department of Agriculture
    Sociedade
    URL curta
    2571110

    A Câmara dos Representantes votou nesta quinta-feira (23) contra a etiquetagem obrigatória de Organismos Geneticamente Modificados (OGM) nos EUA, segundo informou o Escritório do Secretário-Geral da Câmara.

    A Câmara resolveu guardar o status quo em relação a OGM aprovando a lei que possibilita não marcar produtos alimentícios com OGM. 

    Os opositores da lei chamaram-no como ato Deny Americans the Right to Know Act (Nega o direito de saber dos americanos) ou DARK (escuridão, em português).

    Anteriormente nesta quinta-feira o congressista americano Jim McGovern explicou que a lei permite aos estados ignorar solicitações e iniciativas dos consumidores e abole as leis no nível de estados que exigem etiquetagem de OGM. 

    230 republicanos votaram em favor da lei, enquanto 138 democratas se manifestaram contra.

    Agora a lei será passado para a aprovação do Congresso. 

    Produtores em mais de 60 países são obrigados a indicar a presença de OGM. Nos EUA, a etiquetagem de produtos que contêm ingredientes com OGM não é obrigatória.

    Tags:
    OMG, lei, alimentação, Câmara dos Representantes, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik