04:36 17 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Napoléon à la bataille d'Eylau, de Antoine-Jean Gros (1808)

    Barco usado por Napoleão para fugir de Elba é encontrado na Austrália

    Wikimedia Commons
    Sociedade
    URL curta
    0 112

    Os restos do navio em que Napoleão Bonaparte escapou da ilha de Elba foram encontrados na costa da Austrália quase 200 anos depois de seu naufrágio, segundo relata o jornal australiano Perth Now.

    A embarcação, que afundou perto de Cape Sidmouth em 1829, acaba de ser descoberta pelo diretor de cinema Ben Cropp, que afirma já ter encontrado mais de 100 navios durante suas práticas de mergulho.

    "Esta é uma descoberta de classe mundial, já que está relacionada com Napoleão", disse o cineasta, acrescentando que pretende filmar um documentário sobre o achado histórico.

    Cropp, que tem se dedicado à busca há dois anos, disse ainda que conseguiu encontrar os restos do barco graças a ladrões que o detectaram em 1830, fato que se refletiu em documentos da época.

    Em 1814, após a queda do Império francês e sua renúncia ao poder na França, Napoleão foi preso na ilha de Elba, perto da Itália, de onde conseguiu escapar mais tarde no navio L'Inconstant.

    Após a derrota final de Napoleão na batalha de Waterloo, o navio foi tomado pelos britânicos, que deram à embarcação o nome de Swiftsure.

    Mais:

    Reconstrução histórico-militar da guerra russo-napoleônica de 1812
    Museus da França podem proibir tripé selfie
    Tags:
    Swiftsure, L'Inconstant, Waterloo, Napoleão Bonaparte, Elba, Austrália, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar