18:00 14 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Cigarros

    Número de fumantes no Brasil caiu 30% em 8 anos

    Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas
    Sociedade
    URL curta
    0 21
    Nos siga no

    O número de fumantes no Brasil caiu 30,7% nos últimos oito anos, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira, 28, pelo Ministério da Saúde.

    Embora a população de dependentes tenha caído, o governo identificou o crescimento do consumo de cigarro ilegal. Pesquisa feita pelo Instituto Nacional do Câncer mostra que o índice de consumidores de cigarros contrabandeados ou falsificados entre a população fumante deu um salto de 2,4% para 3,7% entre 2008 e 2013.

    O governo avalia que o aumento dos preços está entre os principais motivos para a queda do consumo do tabaco no Brasil. A pasta pondera, no entanto, que o mercado ilegal impediu que o avanço na prevenção fosse ainda maior. Isso porque os produtos, comercializados sobretudo no Paraguai, chegam ao Brasil com preços mais baixos, reduzindo a eficácia das políticas.

    Dados do Ministério da Saúde mostram que Porto Alegre é a capital com maior índice de fumantes do Brasil. Na capital gaúcha, 17,9% dos homens com mais de 18 anos se declaram fumantes. Entre as mulheres também acima de 18, 15,1% dizem ser tabagistas. Belo Horizonte é a segunda capital com maior porcentual de homens fumantes (16%) seguido por Cuiabá (15,6%). Entre o grupo feminino, a segunda capital com maior porcentual de tabagistas é São Paulo (13%), seguido de Curitiba (15,6%). O tabagismo é menos requente em Fortaleza (8,6%), Salvador (9%) e São Luís entre os homens. No público feminino, São Luís, Palmas e Teresina se destacam como as três capitais com menores indicadores de fumantes (respectivamente 2,5%, 3% e 3,1% de mulheres fumantes), informou Agência Estado.

    Tags:
    pesquisa, cigarro, tabagismo, Instituto Nacional do Câncer, Ministério da Saúde, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar