08:54 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    14341
    Nos siga no

    Nesta terça-feira (12), o vice-chanceler russo negou as acusações recentes de que a Rússia tenta afetar os preços de gás para lançamento do gasoduto Nord Stream 2 (Corrente do Norte 2).

    Moscou nega as "vergonhosas" acusações norte-americanas de a Rússia supostamente usar o fornecimento de gás como um mecanismo de pressão, disse o vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Ryabkov, em uma entrevista à BBC.

    "É vergonhoso que continuem repetindo tais acusações como um disco riscado. Nunca pressionamos com o fornecimento de nossos recursos energéticos […] não estamos interessados de forma alguma em usá-los para pressão política", afirmou.

    Tais declarações contra a Rússia são amplamente divulgadas e fazem parte de uma guerra de informação do Ocidente contra Moscou. A Rússia trabalha de modo consequente para estabilizar o mercado energético, sublinhou Ryabkov.

    A Rússia foi e continuará sendo um fornecedor confiável do gás para a Europa e está pronta para trabalhar com a União Europeia para evitar choques nos preços da energia, afirmou o vice-chanceler russo.

    "Fomos e continuamos sendo um dos fornecedores mais confiáveis e seguros de recursos naturais. Convidados todos os colegas na Europa, incluindo nossos vizinhos, a aceitar esse fato simples que nós valorizamos a segurança energética no continente, queremos colaborar com eles, com a União Europeia, para evitar os choques nos preços que estamos observando", conforme Ryabkov.

    Os preços de gás na Europa cresceram significativamente nos últimos meses. Isso tem a ver com o fato de os reservatórios de gás no continente terem menos combustível que o habitual, com a redução da oferta do lado dos principais fornecedores e com a alta demanda de gás natural liquefeito na Ásia, segundo o ponto de vista dos analistas.

    Mais:

    Crise energética 'sem precedentes' na China poderia 'atravessar' economia mundial
    López Obrador acusa empresas estrangeiras de contrabandearem combustível no México
    Apagão total ocorre no Líbano após encerramento de 2 usinas elétricas por falta de combustível
    Como a extensão do teto da dívida dos EUA pode impactar o futuro do governo Biden?
    Tags:
    Rússia, energia, gás, crise, preços, EUA, guerra de informação, União Europeia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar