01:29 25 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    1119
    Nos siga no

    EUA podem implantar armas nucleares no espaço sob pretexto de terraformação de Marte, declarou Dmitry Rogozin, chefe da agência espacial estatal russa, Roscosmos.

    "Armas nucleares poderiam ser colocadas no espaço não sob pretexto de atacar o inimigo, mas sob algum pretexto muito bonito, como por exemplo a terraformação de Marte, ou como parte [de um programa] de proteção contra cometas e asteroides", afirmou Rogozin em uma entrevista ao portal Gazeta.ru.

    Ao mesmo tempo, ele considera um crime a possível implantação de armas nucleares no espaço sideral.

    "Eu acho que seria um crime. Foi por isso (algumas pessoas me criticam em relação a isso) que eu me opus ao senhor Elon Musk quando ele propôs a terraformação de Marte com armas nucleares", observou chefe da agência espacial russa.

    No entanto, ele notou que a Rússia está pronta para repelir qualquer ataque, inclusive vindo do espaço.

    "A Rússia já passou por tantas guerras, perdas colossais, por isso estamos certamente preparados para repelir qualquer ataque, inclusive no espaço", comentou.

    Diretor-geral da Roscosmos, Dmitry Rogozin (à esquerda), durante coletiva de imprensa em Moscou, 31 de julho de 2020
    © Sputnik / Aeksei Kudenko
    Diretor-geral da Roscosmos, Dmitry Rogozin (à esquerda), durante coletiva de imprensa em Moscou, 31 de julho de 2020

    De acordo com Rogozin, a nave espacial Starship, desenvolvida pela empresa SpaceX para voos à Lua e Marte, poderia ser usada pelo Pentágono para transferência intercontinental de forças especiais.

    "Novos desenvolvimentos que ele [Musk] está implementando estão ligados ao Pentágono […] o transporte rápido intercontinental de pessoas. É tudo uma história para as forças especiais. Para enviar de um continente para outro pessoas especialmente treinadas tais tecnologias seriam boas. Mas isso não é para permitir que a humanidade voe através do oceano em poucos minutos", concluiu.

    Anteriormente, o chefe do Instituto de Política Espacial russo, Ivan Moiseev, afirmou que o míssil norte-americano Standard Missile 3, após modernização, poderia ser capaz de derrubar satélites de navegação.

    Mais:

    Guerra espacial é 'iminente' se eclodir corrida armamentista entre China, Rússia e EUA, diz analista
    Força Espacial dos EUA afirma estar desenvolvendo armas espaciais de energia direcionada
    EUA nunca 'enfrentaram adversários' com armas nucleares como Rússia e China, diz chefe do STRATCOM
    Tags:
    Marte, armas nucleares, Roscosmos, EUA, Pentágono, Elon Musk
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar