05:39 16 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    8691
    Nos siga no

    A instalação dos tubos da primeira linha do gasoduto Nord Stream 2 (Corrente do Norte 2) foi completada com sucesso, a segunda linha está em processo de construção. A Gazprom está pronta para encher com gás o gasoduto, disse o presidente russo no SPIEF.

    "Tenho o prazer de informar que hoje mesmo, há duas horas e meia, foi completada com sucesso a instalação dos tubos da primeira linha do gasoduto Nord Stream 2. Os trabalhos da segunda linha continuam. O trabalho da linha foi completado totalmente, incluindo o trecho marítimo", disse Vladimir Putin durante sua fala no Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo (SPIEF, na sigla em inglês), que contou também com participação por videoconferência do chanceler austríaco, Sebastian Kurz, e do emir do Catar, Tamim bin Hamad Al Thani.

    "Assim, a Gazprom está pronta para encher o Nord Stream 2 com gás", adicionou.

    O líder russo disse também que o gasoduto exclui os riscos nacionais, além de ser mais barato e rentável.

    "Ele [o gasoduto] é mais curto e mais barato. Em segundo lugar, neste caso não há quaisquer riscos para os países. E não precisa pagar dinheiro pelo trânsito. Ele é mais rentável do ponto de vista econômico, isso significa que o consumidor final na Alemanha [...] tanto cidadãos como a economia, receberão [o gás] mais barato, do que com trânsito através de vários países europeus", explicou o presidente russo.

    Áustria e toda a Europa vão necessitar do fornecimento de gás russo por muito tempo

    Após o moderador do Fórum, Stanislav Natanzon, ter perguntado se o gasoduto vai funcionar, levando em consideração sanções econômicas contra a Rússia, o chanceler da Áustria, Sebastian Kurz, declarou que a Europa precisa do gás russo.

    "Os percursos estão feitos como deviam ser, e esperamos que nós continuaremos recebendo gás [da Rússia] tal como dantes, tanto na Áustria como em outras partes da Europa. E nós ainda vamos necessitar do fornecimento de gás por muito tempo", respondeu Kurz.

    Por sua vez, Putin ressaltou que a Rússia está disposta a realizar novos projetos, análogos ao Nord Stream 2, com os parceiros europeus.

    "Nós estamos prontos para realizar no futuro, com nossos parceiros europeus e outros, tais projetos de alta tecnologia, e nós esperamos que a lógica do benefício mútuo e proveito mútuo vai prevalecer inevitavelmente sobre os vários tipos de barreiras artificiais da conjuntura política corrente", de acordo com as palavras do presidente russo.

    Navio Solitaire inicia os trabalhos de instalação do gasoduto Nord Stream 2 no golfo da Finlândia, em 5 de setembro de 2018
    Navio Solitaire inicia os trabalhos de instalação do gasoduto Nord Stream 2 no golfo da Finlândia, em 5 de setembro de 2018

    'Gás mais puro do mundo'

    Além do mais, o presidente russo declarou que o gás que vai fluir pelo Nord Stream 2 é melhor do ponto de vista ecológico, já que é o mais puro do mundo.

    "Nossa fonte, ela é a mais pura do mundo, já que por meio de fraturamento hidráulico, digamos, a indústria de gás americana extrai acima de 70% de gás. A Gazprom – 11%, mas o que é extraído no Nord Stream 2 é bombeado diretamente do subsolo, não há nenhum fraturamento hidráulico. Entretanto, o faturamento hidráulico é, do ponto de vista ambiental, um método de extração catastrófico. Lá são usadas dezenas e milhares de toneladas de produtos químicos, o meio ambiente sofre danos diretos", acentuou.

    Além do mais, o chefe de Estado russo apontou que o projeto do Nord Stream 2 deve ser realizado tendo em conta a intenção declarada pelos EUA de estabelecer boas relações com a Europa.

    "Eu acho que ele deve ser realizado, especialmente nas condições em que a nova administração americana fala sobre querer construir boas relações com seus principais parceiros na Europa, mas como se pode estabelecer boas relações com os parceiros e negligenciar seus interesses. Isso é simplesmente absurdo", acredita o líder russo.

    "Por que vocês acham nossos parceiros [da Europa] lutam tanto por ele [gasoduto]? Para nos agradar? Eles lutam por seus interesses nacionais", expressou Putin.

    O projeto Nord Stream 2 prevê a construção de duas linhas do gasoduto com capacidade total de 55 bilhões de metros cúbicos de gás por ano desde a costa russa, através do mar Báltico, até à Alemanha. O projeto está sendo realizado pelo consórcio Nord Stream 2 AG, que tem a Gazprom como único acionista.

    Mais:

    EUA admitem que não tem como impedir Nord Stream 2, já que o projeto 'está 95% construído' (VÍDEO)
    Biden diz que sanções dos EUA contra Nord Stream 2 seriam 'contraproducentes'
    Pakistan Stream: em meio a desafios com Nord Stream 2, Rússia vai construir mais um gasoduto
    Tags:
    Áustria, Sebastian Kurz, gasoduto, Nord Stream 2, Vladimir Putin
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar