00:54 19 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    2191
    Nos siga no

    A Rússia está desapontada com a recusa de Washington de não voltar ao Tratado de Céus Abertos, embora tal passo fosse previsível; os EUA perderam chance de contribuir à segurança europeia, disse vice-chanceler russo.

    Os Estados Unidos, na véspera da cúpula entre o presidente russo, Vladimir Putin, e seu homólogo norte-americano, Joe Biden, informaram a Rússia nesta quinta-feira (27) que não voltarão a aderir ao Tratado de Céus Abertos. O Ministério das Relações Exteriores russo confirmou essa intenção do país.

    O Conselho da Federação da Rússia planeja denunciar o tratado na sessão de 2 de junho.

    Sergei Ryabkov, vice-chanceler russo, falou à Sputnik sobre o posicionamento norte-americano.

    "A decisão era esperada, certamente não nos deixa felizes, nos desaponta, porque os EUA perderam mais uma chance de contribuir positivamente para a tarefa de reforçar a segurança na Europa em uma base razoável. Em vez disso, eles continuam fazendo insinuações que não são baseadas em nada, fazendo acusações contra nós, às quais já respondemos muitas vezes", disse.

    Além do mais, o diplomata adicionou que a recusa de Washington não cria uma atmosfera favorável antes da cúpula, apesar de que na reunião serão discutidas várias questões além do tratado.

    "É claro que este passo não ajuda a criar uma atmosfera propícia à discussão do controle de armas na reunião dos líderes, mas gostaria de enfatizar que, nesta reunião, embora o controle de armas seja importante, a conversa, segundo creio, abrangerá uma agenda muito mais ampla", afirmou Ryabkov.

    A reunião entre os líderes dos EUA e Rússia, Joe Biden e Vladimir Putin, está prevista para 16 de junho, em Genebra.

    Mais:

    Como Rússia 'reequipa' aviões de observação após fim do Tratado de Céus Abertos?
    EUA retiram aviões usados para vigilância da Rússia segundo Tratado de Céus Abertos, diz mídia
    EUA a aliados: regresso de Washington ao Tratado de Céus Abertos enviaria 'mensagem errada' à Rússia
    Tags:
    MRE, Sergey Ryabkov, Rússia, EUA, Tratado de Céus Abertos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar