13:06 18 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    3642
    Nos siga no

    A porta-voz da Embaixada dos EUA na Rússia, Rebecca Ross, confirmou ter sido notificada que deveria se preparar para em breve regressar a Washington.

    Sendo uma das diplomatas norte-americanas mais críticas da política de Moscou, Ross se encontra na lista dos principais dez oficiais dos EUA a serem designados como personae non gratae, segundo o Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

    Aos que foram informados de sua saída eminente do país, foi oferecido um mês para prepararem seu regresso aos EUA.

    O ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, afirmou que não se trata de nada mais do que uma retaliação proporcional às ações hostis de Washington com Moscou.

    Em abril deste ano, o presidente dos EUA, Joe Biden, decretou que dez diplomatas russos seriam expulsos de Washington, e assim, Moscou criou sua própria lista de diplomatas norte-americanos a serem expulsos do país como resposta.

    A própria Embaixada dos Estados Unidos já advertiu que com seu número de funcionários reduzido, juntamente com a proibição de contratação de cidadãos russos, a ação vai afetar negativamente suas principais funções.

    A expulsão de diplomatas norte-americanos de Moscou segue-se às expulsões de outros diplomatas europeus, recentemente da República Tcheca e da Romênia, também estas como resposta à expulsão de diplomatas russos desses países.

    Mais:

    Premiê tcheco: países da UE devem expulsar 'pelo menos 1' diplomata russo em solidariedade a Praga
    Mídia compara capacidades das marinhas da Rússia e dos EUA em caso de conflito no mar Negro
    Rússia expulsa diplomata romeno do país
    Tags:
    expulsão, diplomatas, tensões, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar