22:30 23 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    1242
    Nos siga no

    A Rússia decidiu expulsar um adido militar assistente romeno em resposta a uma decisão da Romênia de expulsar um diplomata russo do país, disse o Ministério das Relações Exteriores da Rússia nesta terça-feira (11).

    No último dia 26, o governo romeno decidiu declarar persona non grata um adido militar assistente da Embaixada da Rússia em Bucareste. Na ocasião, a Romênia acusou o diplomata em questão de envolvimento em atividades incompatíveis com seu status diplomático.

    ​Em 11 de maio, o embaixador romeno Cristian Istrate foi convidado pelo Ministério das Relações Exteriores da Rússia e recebeu uma nota declarando "persona non grata" o adido assistente de defesa na Embaixada da Romênia. O funcionário especificado foi obrigado a deixar o território da Rússia dentro de 72 horas.

    Além da Romênia, outros sete países da Europa Central e do Leste Europeu que fazem parte tanto da União Europeia como da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) expulsaram diplomatas russos no final de abril, desencadeando medidas recíprocas por parte de Moscou, conforme destaca a agência Reuters.

    Mais:

    Estônia, Letônia e Lituânia expulsam diplomatas russos
    Cônsul russo é expulso de cidade ucraniana de Odessa
    Premiê tcheco: países da UE devem expulsar 'pelo menos 1' diplomata russo em solidariedade a Praga
    Tags:
    embaixada, persona non grata, expulsão, diplomatas, Bucareste, Moscou, Rússia, Romênia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar