16:37 28 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    0 290
    Nos siga no

    Nesta quinta-feira (6), um caça russo MiG-31 decolou para "impedir a violação da fronteira" russa por parte de um avião de reconhecimento dos EUA sobre o mar de Chukchi, comunicou o Centro Nacional de Gestão de Defesa da Rússia.

    "A tripulação do caça russo identificou o alvo aéreo como um avião de reconhecimento RC-135 da Marinha dos EUA e o escoltou sobre as águas do mar de Chuckchi", detalhou.

    Os militares russos observaram que, após a mudança de curso da aeronave militar estrangeira, o caça russo retornou com segurança ao aeródromo de origem, não havendo violação da fronteira russa.

    O voo do caça russo foi conduzido em estrita conformidade com as regras internacionais de utilização do espaço aéreo.

    O MiG-31 é um caça interceptador supersônico de longo alcance. O avião destina-se a patrulhamentos de longa duração e a combater aviões de reconhecimento, bombardeiros estratégicos e alvos voando a baixas altitudes, sendo capaz de acompanhar simultaneamente até dez alvos aéreos e atingir seis deles.

    Mais:

    Novo alvo: caças russos MiG-31 serão utilizados contra mísseis balísticos
    Caça russo MiG-31 intercepta avião de reconhecimento da Noruega no mar de Barents
    Rússia aumenta força de ataque hipersônica aperfeiçoando caças-interceptadores MiG-31, aponta Forbes
    Tags:
    Ártico, EUA, Rússia, avião de assalto, avião de combate, avião de ataque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar