20:10 31 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    5215
    Nos siga no

    A embaixada dos EUA na Rússia ainda está estudando as medidas anunciadas por Moscou após as sanções norte-americanas para entender os detalhes sobre o futuro da missão diplomática no país.

    O anúncio foi feito em comunicado do embaixador dos Estados Unidos na Rússia, John Sullivan.

    "Vimos uma mensagem que aparece no site pertencente ao Ministério das Relações Exteriores da Rússia e estamos analisando as informações contidas, em consulta com Washington. Não recebemos nenhuma correspondência diplomática oficial fornecendo detalhes das ações do governo russo contra a missão diplomática dos Estados Unidos da América na Rússia", disse Sullivan em nota.

    Na manhã desta sexta-feira (16), Moscou proibiu a entrada de oito cidadãos americanos no país, incluindo o procurador-geral dos Estados Unidos, o secretário de Segurança Interna norte-americano e o diretor do FBI, em resposta às sanções que Washington impôs.

    Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov durante reunião em Moscou
    © Sputnik / Assessoria de imprensa do Ministério das Relações Exteriores da Rússia
    Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov durante reunião em Moscou

    As tensões EUA-Rússia se intensificaram com o relatório da inteligência dos EUA sobre o suposto papel de Moscou na violação cibernética da empresa de softwares SolarWinds e a suposta interferência na eleição presidencial de 2020.

    Com base nestas acusações, o governo Biden sancionou 32 entidades e indivíduos russos, expulsando dez diplomatas do país. Os EUA também proibiram as instituições financeiras norte-americanas de comprar títulos do governo russo a partir de 14 de junho de 2021.

    Mais:

    Rússia fechará parte do mar Negro por 6 meses, enquanto EUA cogitam mandar mais tropas para Ucrânia
    Para presidente ucraniano, reunião entre EUA e Rússia 'não será significativa' sem a Ucrânia
    Política de contenção dos EUA em relação à Rússia pode prejudicar relações, diz MRE russo
    Tags:
    Rússia, EUA, Joe Biden, diplomatas, Ministério das Relações Exteriores da Rússia, sanções, medidas, tensão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar