13:19 11 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    Pandemia de COVID-19 no mundo no início de março de 2021 (94)
    1100
    Nos siga no

    A chefe da Agência Federal para Assuntos Médico-Biológicos (FMBA) declarou nesta quarta-feira (3) que cerca de 30% da população russa deve ser vacinada contra o coronavírus até maio para evitar a terceira onda da pandemia.

    A chefe do órgão, Veronika Skvortsova, expressou confiança de que a Rússia conseguirá evitar a terceira onda da pandemia da COVID-19 graças à eficácia da vacinação no país.

    "Se a vacina é 94% eficaz, como dizem os produtores, e a imunidade pós-vacina protege uma pessoa durante seis meses, então devemos vacinar 25% da população em uma campanha única que não durará mais do que dois meses, ou cerca de 30% da população, se deixarmos esta campanha durar até maio, a fim de evitar completamente a terceira onda", disse Skvortsova em uma entrevista ao canal de TV Rossiya 24.

    Ela também destacou que durante os últimos meses Agência Biomédica Federal da Rússia vem realizando um monitoramento epidemiológico constante da situação e, desde maio do ano passado, foram identificadas cerca de 3.500 mutações do coronavírus, sendo que quase todas elas seriam neutras e sem consequências.

    Mulher anda de máscara pela Praça Vermelha, Moscou (foto de arquivo)
    © Sputnik / Ramil Sitdikov
    Mulher anda de máscara pela Praça Vermelha, Moscou (foto de arquivo)

    Já o ministro da Saúde russo, Mikhail Murashko, disse que até o final de julho é possível completar a vacinação na Rússia com o alcance do nível planejado de imunidade de rebanho de 60% da população.

    Atualmente, na Rússia é possível receber a vacina Sputnik V, desenvolvida pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya em conjunto com o Fundo Russo de Investimentos Diretos. No final de fevereiro, o Ministério da Saúde russo anunciou o registro da terceira vacina contra COVID-19 do país, a CoviVac. Além disso, a Rússia também realizou o registro do imunizante EpiVacCorona em outubro de 2020.

    Tema:
    Pandemia de COVID-19 no mundo no início de março de 2021 (94)

    Mais:

    Rússia registra 1º sistema capaz de detectar variante britânica da COVID-19
    Imunologista russo dá recomendação preciosa a quem ainda não pegou COVID-19
    Explosão ocorre perto de centro de testagem para COVID-19 nos Países Baixos
    COVID-19: vírus pode matar células do coração, revela estudo
    Tags:
    pandemia, novo coronavírus, imunidade, Sputnik V, vacinação, vacina, COVID-19, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar