02:37 09 Março 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    5711
    Nos siga no

    A Rússia anunciou no início do dia que a extensão de cinco anos do acordo Novo START, que limita os arsenais nucleares de Washington e Moscou, entrou em vigor nesta quarta-feira (3).

    O embaixador russo nos Estados Unidos, Anatoly Antonov, afirmou que não acredita que algum general norte-americano sensato esteja realmente considerando um conflito militar nuclear em grande escala com Moscou.

    "Não acredito que generais americanos sensatos pensem em guerra nuclear. Acho que essa ideia está vagando nas mentes de políticos doentios", disse ele.

    Ao comentar sobre o acordo de extensão do último tratado de redução de armas nucleares entre Washington e Moscou, o embaixador russo disse que isso não afetaria a quantidade de inspeções de monitoramento entre os dois países.

    Sistema de Defesa Antimísseis S-300V (foto de arquivo)
    © Sputnik / Mikhail Voskresensky
    Sistema de Defesa Antimísseis S-300V (foto de arquivo)

    Antonov acrescentou que a Rússia e os EUA continuarão a trabalhar nas questões de controle de armas, observando que o trabalho será "extremamente difícil e complicado".

    O embaixador citou os sistemas de defesa antimísseis dos EUA na Europa, mísseis de curto e médio alcance, capacidades de ataque global, armas hipersônicas e futuros armamentos espaciais como assuntos que provavelmente estarão na agenda de futuras negociações.

    Mais:

    Joe Biden quer extensão de 5 anos do tratado START, diz mídia dos EUA
    Casa Branca confirma que Biden buscará extensão de 5 anos do Novo START
    Legislativo russo ratifica prorrogação do tratado Novo START por mais 5 anos
    Fim do Novo START desencadearia corrida armamentista descontrolada, diz general reformado americano
    Tags:
    embaixador, Tratado para a proibição de Armas Nucleares, armas nucleares, Tratado START, Tratado Start, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar