01:21 07 Março 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)
    0 111
    Nos siga no

    A Rússia pretende vacinar 60% da população adulta contra a COVID-19 até julho, disse nesta sexta-feira (29) o ministro da Saúde do país, Mikhail Murashko.

    "Em todo o país devemos vacinar 60% da população adulta, estabelecemos em nosso calendário que isso deve ser feito no primeiro semestre deste ano", declarou o ministro a jornalistas.

    Murashko acrescentou que se a indústria produzir quantidades suficientes de doses antes do previsto, a campanha também terminará mais cedo.

    "Até o momento, mais de 4 milhões de doses de vacinas já foram produzidas para uso", acrescentou o ministro.

    Espera-se que até 200.000 doses sejam colocadas em circulação nesta sexta-feira (29).

    Rússia registra a primeira vacina contra a COVID-19, a Sputnik V, em 11 de agosto
    Rússia registra a primeira vacina contra a COVID-19, a Sputnik V, em 11 de agosto

    Em janeiro, a Rússia, que tem 3.813.048 de casos do novo coronavírus, com 72.185 mortes, começou a vacinação em massa da população contra a COVID-19.

    A previsão é que até março de 2021 a vacinação seja realizada principalmente com a vacina Sputnik V, do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya; a partir de março, com Sputnik V e EpiVacCorona, do Vector Center; e em abril será adicionada a vacina Covivac do Centro Chumakov, se ela conseguir obter o registro ainda em fevereiro.

    Tema:
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)

    Mais:

    Fragata russa efetua exercício no mar Negro após entrada de destróieres dos EUA
    Ex-chanceler da Dinamarca: Rússia recupera status de superpotência militar
    Traços de vida em Vênus? Cientistas russos põem ponto final no mistério
    NI revela como detectar e 'eliminar' caças furtivos F-35 e F-22 inclusive com armas russas
    Rússia testa pela 1ª vez motor de fabricação nacional para helicópteros leves
    Tags:
    vacinação, vacina, novo coronavírus, COVID-19, pandemia, Ministério da Saúde, saúde, governo, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar