06:00 06 Março 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)
    0 60
    Nos siga no

    Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo) desmentiu a informação sobre a aquisição pelo empresário mexicano Alejandro Cossío de dois milhões de doses da vacina Sputnik V e de direitos exclusivos para comercialização do imunizante no México e América Central.

    Em uma entrevista ao jornal El Financiero, o empresário Alejandro Cossío, do estado de Veracruz, afirmou ter comprado dois milhões de doses da vacina contra a COVID-19 desenvolvida pelo Instituto Gamaleya e o direito de sua distribuição exclusiva no México, América Central e América do Sul. Fontes no setor da saúde da Rússia informaram à Sputnik que tais informações são falsas.

    "RFPI desmente as informações sobre a aquisição pelo empresário mexicano Alejandro Cossío de dois milhões de doses da vacina Sputnik V e de direitos exclusivos de venda no México e na América Central. Esta informação não corresponde à realidade", avança o comunicado.
    Maria Irene Ramirez, de 59 anos, recebe a primeira vacina contra a COVID-19 do México, na Cidade do México, no dia 24 de dezembro de 2020.
    © REUTERS / Edgard Garrido
    Maria Irene Ramirez, de 59 anos, recebe a primeira vacina contra a COVID-19 do México
    "Também chamamos a atenção dos representantes da mídia que, no âmbito da campanha de desinformação contra a vacina Sputnik V, as informações duvidosas são deliberadamente divulgadas de noite e nos fins de semana para dificultar o processo de sua verificação. A assessoria de imprensa do RFPI está disponível 24 horas por dia e solicita aos jornalistas que verifiquem as informações antes de sua publicação, a fim de evitar a disseminação de desinformação", acrescenta a entidade russa.

    Na semana passada, o governo mexicano afirmou ter alcançado acordos preliminares para a compra de até 24 milhões de doses da vacina russa Sputnik V. A informação foi divulgada pelo subsecretário da Saúde, Hugo Lopez-Gatell.

    Tema:
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)

    Mais:

    Rússia confirma que Brasil já está produzindo vacina Sputnik V e que aumentará produção em fevereiro
    Hungria e Rússia fecham acordo de compra da vacina Sputnik V
    México corre para autorizar uso da Sputnik V
    Tags:
    Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI), vacina, Sputnik V, desinformação, México, COVID-19, vacinação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar