00:38 16 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    Coronavírus no mundo em meados de janeiro de 2021 (44)
    4212
    Nos siga no

    O acesso à conta da vacina russa Sputnik V no Twitter ficou temporariamente nesta quinta-feira (14) após a alegação de uma "atividade incomum".

    "A conta @sputnikvaccine do Twitter da Sputnik V foi restringida. Estamos investigando as razões para isso", declarou o Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo) inicialmente.

    O Fundo Russo de Investimentos Diretos pediu a todos os seguidores que entrassem em contato com o Twitter e pedissem à empresa que devolvesse o acesso à conta.

    "Por meio do Twitter, compartilhamos abertamente todas as informações sobre a vacina e como ela funciona. Por meio do Twitter, oferecemos à AstraZeneca o uso de um dos componentes da vacina Sputnik V e concordamos em realizar testes clínicos conjuntos", acrescentou a nota do RFPI.

    Após determinado período, a rede social suspendeu as limitações e os avisos de resrição deixaram de aparecer no acesso à conta da vacina russa. O Twitter explicou que a conta da Sputnik V ficou temporariamente restrita por conta de uma tentativa de acesso não autorizado, localizado nos EUA.

    Informamos que após as restrições impostas à conta esta tarde, o Twitter restaurou o acesso à conta oficial do @sputnikvaccine e explicou que a medida foi aplicada após registrar uma possível quebra de segurança de Viriginia, nos EUA.

    Obrigado @Twitter!

    Siga @sputnikvaccine para ver como a Sputnik V luta contra a COVID-19, salva vidas e restaura economias​.

    Durante o período de restrição, ao clicar no perfil da página da Sputnik V no Twitter, os usuários foram encaminhados a uma página de aviso com os dizeres "Cuidado: esta conta está temporariamente restrita" e "Você está vendo este aviso porque ocorreu alguma atividade incomum nesta conta".

    Tema:
    Coronavírus no mundo em meados de janeiro de 2021 (44)

    Mais:

    México corre para autorizar uso da Sputnik V
    Venezuela autoriza uso emergencial da Sputnik V
    Brasil terá 150 milhões de doses da Sputnik V disponíveis, informa RFPI (VÍDEO)
    Após mídia ocidental criticar vacina Sputnik V, seus jornalistas resolvem tomá-la
    Tags:
    pandemia, COVID-19, Rússia, rede social, Twitter, vacina, Sputnik V, Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar