01:01 18 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    0 241
    Nos siga no

    O Ministério da Defesa da Rússia menciona o drone Sova em seu relatório sobre a atividade das Forças Armadas russas nos anos de 2012-2020.

    Militares russos planejam testar no Ártico um novo drone, o satélite atmosférico Sova (coruja), capaz de permanecer no ar por dias, disse uma fonte conhecida à Sputnik. O dispositivo testará a transmissão de sinais de comunicação e reconhecimento óptico.

    "Uma série de voos do novo veículo aéreo não tripulado Sova está programada nas regiões Extremo Norte e nas regiões polares do norte", disse a fonte.

    O interlocutor lembrou que o novo drone pesa apenas 12 quilos e tem uma asa com painéis solares. O dispositivo é movido por dois motores elétricos com hélices.

    O satélite atmosférico, que pode operar em latitudes altas, poderá sobrevoar continuamente, sendo limitado apenas pelos recursos utilizados nos sistemas microeletrônicos a bordo.

    Há quatro anos, quando o veículo estava sendo aperfeiçoado, Igor Denisov, diretor-geral do Fundo de Pesquisa Avançada, afirmou que o Sova é "um satélite atmosférico movido a energia solar. Foi desenvolvido especialmente para a Rússia – um país nórdico, onde temos pouco sol. O satélite foi projetado para operação contínua nas latitudes do Extremo Norte, incluindo no Ártico".

    O Sova pertence à classe dos satélites atmosféricos, pois pode permanecer no ar por 50 horas ou mais a uma altitude de cerca de 20 quilômetros. Ele também é capaz de planar por muito tempo em correntes de ar devido ao seu baixo peso.

    Vista de satélite do vulcão Alaid, situado nas ilhas Curilas, Rússia
    Vista de satélite do vulcão Alaid, situado nas ilhas Curilas, Rússia

    Mais:

    Drone russo Okhotnik usa mísseis pela 1ª vez durante testes
    Rússia desenvolve nova arma para combater drones inimigos
    Mídia dos EUA revela possível função do novo drone russo Okhotnik
    Tags:
    drones, satélite, Ártico, militares, Rússia, Rússia, nave, aeronave
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar