08:24 01 Março 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    0 130
    Nos siga no

    Águas-vivas se tornaram uma praga em alguns mares que banham a Rússia por afetarem a produção de peixes. Para resolver o problema, Moscou vai exportar esses cnidários para Pequim, onde são uma iguaria.

    A pesca de anchovas europeias nos mares Negro e de Azov diminuiu quase um terço neste ano. Segundo especialistas, isso ocorreu devido ao aumento do número de águas-vivas na região, que se alimentam dos alevinos desses peixes, informou o jornal Komsomolskaya Pravda.

    "Tendo em conta o grande número de águas-vivas e o seu impacto na cadeia alimentar dos animais pescados, foi aprovada a necessidade de desenvolver métodos para a captura de águas-vivas, bem como o seu processamento e venda para a China", anunciou o serviço de imprensa da Agência Federal de Pesca da Rússia, citado pela mídia.

    O número de águas-vivas aumentou não apenas nos mares Negro e de Azov, mas em todo o mundo, garante Sergei Ivanov, biólogo da Universidade Federal da Crimeia. O especialista acredita que isso se deva ao aquecimento global e à contaminação da água com elementos orgânicos.

    "Antes de pescar águas-vivas, é preciso envolver os cientistas. Em geral, apoio a ideia de serem pescadas. Porque com uma grande multiplicação de águas-vivas, os alevinos de anchova são destruídos e isso não é bom", argumenta Ivanov.

    Iguarias na China

    A iniciativa de pescar águas-vivas não é necessariamente nova na Rússia. No Extremo Oriente russo, por exemplo, a atividade já é regulamentada há anos. Os cnidários são exportados para a China, onde as águas-vivas são conhecidas como "carne de vidro" e são consideradas uma verdadeira iguaria.

    Duas espécies de água-viva são consideradas comestíveis: Aurélia e Rhopilema. As águas-vivas Aurélia são bastante comuns nas águas do mar Negro.

    Para o consumo, os chineses costumam separar os braços orais das águas-vivas, eliminando os órgãos internos e o muco, mantendo apenas a parte superior. O cnidário costuma ser hidratado antes de ser usado na preparação de muitos pratos, como sopas e saladas. As águas-vivas também podem ser usadas na produção de biscoitos ou mesmo bebidas.

    Mais:

    Mergulhadora no Reino Unido se depara com água-viva de tamanho colossal em VÍDEO incrível
    Tempestade elétrica cria rara 'água-viva vermelha' no céu do Texas (FOTO)
    VÍDEOS com panorama 'assustador' mostram cidade siberiana 'conquistada' por praga de insetos
    Peixe de águas subterrâneas encontrado na Índia é 'fóssil vivo' (FOTO)
    Tags:
    exportação, Rússia, China, água-viva, águas-vivas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar