11:54 09 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    Pandemia de COVID-19 no mundo no início de dezembro (93)
    2100
    Nos siga no

    Sputnik V será usada prioritariamente em pessoal médico, assistentes sociais e profissionais da educação entre 18 e 60 anos. Inscrição pode ser feita pela Internet.

    70 postos de vacinação contra a COVID-19 serão abertos em Moscou neste sábado (5), disse o prefeito Sergei Sobyanin na quinta-feira (3).

    O pessoal médico, os assistentes sociais e os profissionais da educação terão prioridade para tomar a vacina russa Sputnik V. Aqueles que querem ser vacinados podem se inscrever pela Internet, segundo o prefeito.

    De acordo com Sobyanin, a vacina será oferecida a pessoas de 18 a 60 anos que não sofrem de doenças crônicas e a mulheres que não estão grávidas ou amamentando.

    O teste avançado da Sputnik V ainda está em andamento, mas ela já tinha sido oferecida a pessoas de grupos de alto risco, tais como trabalhadores médicos e professores.

    O presidente Vladimir Putin determinou na quarta-feira (2) a órgãos do governo que iniciassem a vacinação "em larga escala" na Rússia até o final da próxima semana.

    A declaração veio horas depois de o Reino Unido se tornar o primeiro país ocidental a autorizar o uso de uma vacina contra o coronavírus. O imunizante foi desenvolvido pela farmacêutica norte-americana Pfizer e pela alemã BioNTech.

    A Rússia já tinha informado que a Sputnik V era a primeira vacina contra a COVID-19 a ser registrada no mundo depois que o governo deu a aprovação regulatória no início de agosto.

    O ministro da Saúde, Mikhail Murashko, disse na quarta-feira (2) que mais de 100 mil pessoas já foram vacinadas no país.

    Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a Rússia tem pouco mais de 2,375 milhões de casos da COVID-19 e 41.607 mortos.

    Tema:
    Pandemia de COVID-19 no mundo no início de dezembro (93)

    Mais:

    Especialista explica se é possível contrair COVID-19 durante vacinação com Sputnik V
    Argentina deve iniciar vacinação com a Sputnik V até o fim do ano, diz Alberto Fernández
    Índia inicia testes clínicos da vacina russa Sputnik V
    Tags:
    COVID-19, OMS, Moscou, Sputnik V, Rússia, Vladimir Putin
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar