04:11 20 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    8581
    Nos siga no

    O presidente da Rússia Vladimir Putin pediu nesta quinta-feira (8) o fim das hostilidades e confrontos que ocorrem na região de Nagorno-Karabakh.

    Segundo um comunicado emitido pelo Kremlin, Putin conversou com representantes da Armênia e do Azerbaijão para que cessem os conflitos por "razões humanitárias".

    "Após uma série de telefonemas com o presidente do Azerbaijão Ilham Aliev e o premiê da Armênia Nikol Pashinyan, o presidente russo pede o fim das hostilidades na zona de conflito de Nagorno-Karabakh por razões humanitárias, a fim de trocar prisioneiros e corpos dos mortos", escreveu.

    O presidente russo convidou os ministros de Relações Exteriores da Armênia e do Azerbaijão para irem até Moscou para fazer negociações.

    "Os ministros de Relações Exteriores do Azerbaijão e da Armênia são convidados para virem em Moscou no dia 9 de outubro para realizarem reuniões sobre estas questões com a mediação do Ministério das Relações Exteriores da Rússia", completou Putin.

    Apelos para encerrar os conflitos em Nagorno-Karabakh foram feitos por vários membros da comunidade internacional, incluindo Rússia, França, Alemanha, ONU e os EUA.

    Desde 27 de setembro, a região tem visto duros embates entre forças locais e do Azerbaijão, que reivindica soberania sobre Nagorno-Karabakh.

    Mais:

    Putin, Trump e Macron acordaram declaração sobre situação em Nagorno-Karabakh
    Lavrov e Cavusoglu criticam presença estrangeira em Nagorno-Karabakh
    Explosões são ouvidas na capital de Nagorno-Karabakh
    Drone lança bomba em Stepanakert, capital de Nagorno-Karabakh
    Pelo menos 3 jornalistas ficam feridos após alegado ataque azeri contra igreja em Nagorno-Karabakh
    Tags:
    Azerbaijão, Armênia, Rússia, Vladimir Putin, conflitos regionais, mortos em conflito, conflito armado, conflito, Nagorno-Karabakh
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar